quinta-feira, 20 de maio de 2010

TACACÁ NA BOSSA

O título da nossa postagem pode não fazer sentido para quem não é da região norte, mas é isso mesmo – o Tacacá é uma bebida quente, com folhas, tucupi, goma e camarão, servida em cuias – a bossa, veio da Bossa Nova, movimento da música popular brasileira criado no final da década de 50.

O casal Rosa Maria Vital e Joaquim Melo, possuem uma Banca de Tacacá, chamada Tacacá da Gisela, no Largo de São Sebastião, centro antigo de Manaus. Tiveram uma grande idéia: misturar o Tacacá com música popular brasileira, surgindo o famoso “Tacacá na Bossa”. E agora, faz sentido?

O projeto está caminhando para o quinto ano, contribuindo de fato para a revitalização do centro – as apresentações são realizadas as quartas-feiras - é montado um palco improvisado, com dezenas de cadeiras de alumínio para acomodar o público, permitindo aos manauaras e aos turistas, o prazer de degustar do melhor Tacacá de Manaus, ouvindo uma boa música popular brasileira. E isso é bom!

Com o passar do tempo, as quartas foram variando os estilos musicais, para que pudesse abranger um público mais variado, sempre preservando a qualidade. Além de bossa nova e mpb, o tacacá na bossa abriu espaço para o jazz, o blues, o chorinho, o pop rock e o reggae.
O tacacá no bossa tornou-se uma referência e hoje encontra-se consolidado e definitivamente integrado na vida cultural da cidade.

Segundo a Dona Rosa “Nossa idéia é lembrar a época de ouro do ciclo da borracha, quando o Largo de São Sebastião concentrava a vida social da cidade” – de fato, o progresso e a violência urbana, forçaram as pessoas a permanecerem reclusas em seus próprios lares – com a revitalização do centro antigo de Manaus, as pessoas começaram a voltar a frequentar esses lugares, pois encontram segurança para as suas famílias, comidas típicas da região norte e a oportunidade de assistir a apresentações de shows musicais, de danças e de teatro, tudo ao ar livre, permitindo, dessa forma, um maior contato entre as pessoas. E isso é muito bom!
O projeto tacacá na bossa foi uma forma de o Tacacá da Gisela retribuir à cidade todo o carinho recebido. Tornou-se mais um espaço onde os músicos locais podem apresentar seus trabalhos.

O projeto “Tacacá na Bossa” foi bancado pelos próprios bolsos dos organizadores, durante quatro anos seguidos – a partir de meados do ano passado, começaram a surgir as parcerias com empresas privadas e com a Secretaria de Cultura do Amazonas – o evento está solidificado, faz parte do calendário cultural de Manaus -  dando o devido valor aos músicos e cantores da região norte, principalmente aos artistas locais, pois além do cachê que recebem, podem divulgar o seu trabalho através da venda dos seus CD´s. E isso é bom demais!

O evento é um sucesso de público, inclusive a TV Ufam, canal 7 e 27 da NET, grava o show e transmite às sextas, sábados e domingos.

O Joaquim e Rosa estão de parabéns, misturar os ingredientes do Tacacá com a música é sucesso total – viva o Tacacá na Bossa! É isso aí!

Postar um comentário