quinta-feira, 25 de agosto de 2011

TÚNEL DO TEMPO: SUCESSOS MUSICAIS INTERNACIONAIS DAS DÉCADAS 70 E 80.

De repente alguém fala sobre anorexia, voltei ao túnel do tempo e, lembrei do “The Carpenters”, uma dupla musical da década de 70, formada pelos irmãos “Karen e Richard”, com a carreira musical chegando ao final em 1983, em decorrência da morte da irmã, com uma parada cardíaca, em função de complicações de uma anorexia nervosa.

Como estava de volta ao passado, esqueci a anorexia da “Karen” e, comecei a vasculhar na minha mente os sucessos das décadas de setenta e oitenta – foram os melhores anos da minha vida, quando sai da infância, passei toda a adolescência e os primeiros anos da vida adulta -, tempos bons, hein!

Hoje, com a facilidade da internet, fica fácil assistir aos vídeos no YouTube, passei alguns momentos ligado no “Close To You”, “We´ve Only Just Begun”, “Only Yesterday” e “California Dreamin” – puro “soft rock” dos irmãos - http://www.youtube.com/watch?v=6inwzOooXRU
Os historiadores escrevem que a década de 70 foi considerada o período do “classic rock”, conhecida também como a “década de discoteca”, com “Donna Summer” marcando época; “Elvis Presley” fez um mega concerto “Aloha from Hawaii” e morre em 1973; o rock progressivo toma forma através do “Pink Floyd”.

Surge também o “glam rock” com o “Elton John” mandando o “Goodbye Yellow Brick Road”, influenciando os jovens a usarem roupas enfeitadas e calças boca-de-sino. Surge também o “hard rock” com LedZeppelin. No rock e blues os “Rolling Stones” tem a sua fase mais criativa.

Quem passou por esta década jamais esquecerá “Os Embalos de Sábado à Noite”, com o “John Travolta” no estilo “disco music” e dando a suas “travolteadas”. O “Michael Jackson” lança os seus primeiros álbuns “Got To Be There”, “Ben” e “Music and Me”, depois, vem “Off The Wall”. Infelizmente os “The Beatles” se separam nesta década.

Na década de 80 o rock chega com uma batida forte e sons pesados das guitarras, uma fase conhecida como “hard rock”. Curti muito “Bon Jovi”, “Gun N´Roses” e “Scorpions”.

Esta década é também conhecida como da “música eletrônica”, com o “New Wave”, “Dance Music” e as primeiras “Raves” mando ver. No Brasil foi lançado o “Rock in Rio”, em 1985. Bandas brasileiras de “rock and roll” como “Legião Urbana”, “Ultraje a Rigor”, “Engenheiros do Hawaii”, “Titâs” e “RPM” dão conta do rock brasileiro.

Alguém pode pensar que domino a língua inglesa, puro engano, sou um “analfa zero a esquerda”, fiz questão de mencionar este período por ter marcado toda a minha geração, fomos muitos influenciados pela música internacional, cantávamos que nem um papagaio, sem saber o sentido das palavras. A partir da década de noventa, comecei a valorizar totalmente a musica popular brasileira e, no virar do século vinte e um, fiquei ligado à música popular da Amazônia.

O Simão Pessoa é um escritor da melhor qualidade, ele conhece de montão a história do rock, tanto que escreveu um livro intitulado “Rock a Música que Toca”, vale a pena ler e entrar no túnel do tempo.

Saindo do túnel do tempo, fica somente a lembrança daquelas décadas boas, uma vez ou outra participo de uma “festa retrô” e volto novamente aos anos 70 e 80. Eu, hein!

Nenhum comentário: