quinta-feira, 29 de abril de 2010

GRITO DE CONVOCAÇÃO DO MOVIMENTO S.O.S. ENCONTRO DAS ÁGUAS




No dia do Trabalhador vamos lutar pelo meio ambiente. O Movimento S.O.S. Encontro das Águas convoca todos os cidadãos preocupados com as questões socioambientais do Amazonas para Assembléia de discussão com o objetivo de definir novas táticas e repensar as práticas de luta, visando à preservação do complexo ambiental Encontro das Águas dos rios Negro e Solimões, formadores do Rio Amazonas.

Data: 01/05/2010 (sábado) 15:00 h.

Local: IFAM (antiga Escola Agrotécnica Federal), no Instituto de Permacultura do Amazonas (IPA), Av. André Araujo, Bairro Zumbi, atrás da feirinha da Escola (IFAM). Passar a bola do São José e após 3 km entrar à direita pela estrada do Castanhal situada na frente da guarita principal da Escola Agrotécnica.

Proposta de Pauta:

15:00 – 15:30 h – Apresentações de outras lutas socioambientais atuais pelos cidadãos e organizações presentes na reunião.

15:30 – 16:00 h – Histórico, informes e respostas às duvidas do S.O.S. Encontro das Águas contra o Porto da Lajes.

16:00 – 16:10 h – Organização dos grupos de trabalho para estabelecimento de novas e agenda de luta:

GT 1 – Conhecimento científico e popular sobre os povos e os recursos naturais do Encontro das Águas; GT 2 – Comunicação; GT 3 – Educação ambiental e sensibilização; GT 4 - Estratégias Políticas e Jurídicas; GT 5 – Projetos para sustentabilidade do Encontro das Águas.

16:10 – 16:50 h – Construção das propostas de planejamento por Grupo de Trabalho.

16:50 – 17:40 h – Apresentação do resultado de planejamento dos Grupos de Trabalho (10 minutos para cada Grupo)

17:40 – 18:00 h – Planejamento e discussão final

Se não formos capazes de preservar o Encontro das Águas, símbolo maior de nossa identidade cultural e natural, estaremos reprovados publicamente para gerir sustentavelmente qualquer outro bem comum da nossa Amazônia.

Inteligência Ambiental: Com a ampliação do Movimento deve-se ter todo cuidado para se identificar os militantes, excluindo dessa feita os lobistas, penetras e oportunistas.
Fotos: J Martins Rocha - o local chama-se Torres da Embratel, será construido o Memorial Encontro das Águas (um complexo com um mirante, um restaurante e um museu numa encosta, onde se poderá observar o Encontro dos Rios Negro e Solimões), projeto do arquiteto Oscar Niemeyer.
Postar um comentário