quinta-feira, 22 de abril de 2010

22 DE ABRIL - DESCOBRIMENTO DO BRASIL


Hoje, 22 de abril de 2010, fiquei pasmo com a resposta de uma aluna do ensino médio, num programa local, ao ser questionado sobre o significado da data de hoje, ela respondeu: – Ontem foi feriado, não sei por que, hoje, é um dia normal de trabalho e aula na escola, ainda bem que amanhã será sexta-feira!. Respondeu na maior cara de pau. Diante da resposta da estudante, o repórter corrigiu: - Ontem foi comemorado o Dia de Tiradentes, hoje, é o dia do Descobrimento do Brasil! Ela respondeu: - É sério, não acredito! Aí minha Santa Filomena, padroeira dos estudantes!

Foi-se o tempo em que a escola pública tinha um papel fundamental na formação da juventude do nosso país, atualmente, está falida, existe muita gente fazendo lama de dinheiro com as escolas particulares.

Entendo que a comemoração de um feriado no meio da semana, trás inúmeros prejuízos para o nosso país, imaginem comemorar dois feriados seguidos, no entanto, a data comemorativa do nosso descobrimento foi relegada ao segundo plano. Muitas pessoas comentam que não temos nada que comemorar.

Sou um patriota, tenho amor aos nossos símbolos, acho o Hino Nacional o mais bonito de todos os países, a nossa Bandeira é linda! Sou também um nacionalista, pois defendo a defesa dos interesses da nossa nação, a preservação da Amazônia; combato da mesma forma, a constante idéia da sua internacionalização!

A Carta de Pero Vaz de Caminha, escrita ao rei Dom Manuel para dar notícias da nova terra, foi considerada a nossa Certidão de Nascimento. Ela mostra o duplo interesse dos portugueses: a conquista de bens materiais e a dilatação da fé cristã, conforme um pequeno trecho “... de ponta a ponta, é tudo praia... muito chão e muito formosa. (...) Nela, até agora, não pudemos saber que haja ouro nem prata... porém a terra em si é de muito bons ares, assim frios e temperados... Águas são muitas; infindas. E em tal maneira é graciosa, que querendo-a aproveitar, dar-se-á nela tudo por bem das águas que tem. Porém o melhor fruto que dela se pode tirar me parece que será salvar essa gente (os índios). E essa deve ser a principal semente que Vossa Alteza em ela deve jogar...".

Vamos valorizar mais a história do nosso país, viva o Brasil! Viva!
Postar um comentário