quinta-feira, 7 de julho de 2011

COLÉGIO SANTA DOROTÉIA DE MANAUS

Posted by Picasa

No ano passado, exatamente no dia 07 de Outubro, este colégio comemorou o seu centenário, fruto de um trabalho pioneiro de um grupo de Irmãs Dorotéias, vindo de além-mar para implantar em Manaus, um colégio voltado para os ensinamentos da Santa Paula Frassinetti (fundadora da Congregação das Irmãs Dorotéias, a 12 de Agosto de 1834, em Quinto AL Mare, Itália) “A instrução moral é necessária, mas deve estar unida à prática, porque, do contrário, saberão falar da virtude, mas não a saberão praticar”.

Atendendo aos inúmeros pedidos do Bispo do Amazonas, Dom José Lourenço de Aguiar (os restos mortais dele está na entrada da Igreja Matriz) e do seu sucessor, Dom Frederico Costa, o colégio foi fundado pela Revdma. Madre Antonieta Montani Leoni, com a ajuda das Irmãs, Madre Maria das Dores Lira, Madre das Dores Wanderley, Madre Sofia Gomes e as das Irmãs Joana Krismancie e Romilda Caiani.

O primeiro endereço do colégio foi na Rua Dez de Junho, nas casas de números 239 e 241 (em frente do Hospital da Santa Casa de Misericórdia). No ano seguinte, transferiram-se para o atual prédio da Avenida Joaquim Nabuco, no. 1.097.

Este colégio é histórico, pois foi a primeira instituição de ensino privado no Estado do Amazonas, tendo por base em priorizar a educação de seus alunos nos valores ético-cristãos.

Possui como princípios: a presença da religiosidade na vida do aluno; a realização de projetos sociais; o envolvimento da família no processo educativo; o exercício da cidadania; oferecer o melhor em recursos didáticos; investimentos na área de esportes; oferecer cursos de dança e escolhinhas de esportes; dinamizar as aulas e investimentos na formação dos educadores.

Inicialmente, o colégio era aberto somente para as mulheres, depois, abriu as portas para os homens, foram anos formando gerações e gerações de jovens, hoje, eles se comunicam pelas mídias sociais, basta acessar o endereço http://www.orkut.com/CommTopics?cmm=711460  para ler no “fórum” os comentários dos atuais e antigos alunos.

No ano passado, em comemoração ao centenário do colégio, a Câmara Municipal de Manaus fez uma justa homenagem, com placas e buquês de flores, as irmãs Adamir Sampaio de Farias, Ildes Maria Lobo Mendes e Jovelina de Araújo Barreto (atual Diretora). Receberam também troféus a irmã Lucília Maria Valença de Freitas e Carmem Nóvoa da Silva, membro da Academia Amazonense de Letras, representantes do ex-alunos.

Segundo a Arquidiocese de Manaus “O Santa Dorotéia é, atualmente, um monumento em sua estrutura material e espiritual. É uma Escola Católica destinada à prestação de Serviços pedagógicos à comunidade amazonense, visando sempre à sua realidade e centrada nos valores cristãos”. É isso ai.

Fonte: Jornal do Commercio, edição de 24/10/2010
Postar um comentário