terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

ESCOLAS DE SAMBA DO GRUPO ESPECIAL DE MANAUS


No próximo sábado (13), as escolas de samba de Manaus, estarão desfilando no Sambódromo; vamos conhecer um pouquinho, o que elas irão mostrar, na grande passarela do samba:

• A GRANDE FAMILIA:

Enredo: Defensoria Cabocla: a verdadeira guardiã da cidade

Compositores: Eudogio Gonçalves/Gueivy Garcia/Marcell Mota

“Direitos iguais, cidadania.

Exaltando a Defensoria

Balança, balança, família.

Nessa explosão de alegria...”

Nota Dez: A Comissão de Frente

História: A escola foi fundada em 19 de março de 1986, no bairro do São José, Zona Leste de Manaus. O bairro de São José Operário, que foi construído (pelo prefeito José Fernandes) entre 1978 e 1979 e carecia de um núcleo de sambistas. A Grande Família, que antes era um Bloco (até 1991), entrou com mais destaque no Carnaval de Manaus em 1994. Dois anos antes já era escola de samba, quando foi convidada pela AGEESMA. Nesse desfile destacou-se com o enredo que versava sobre o Rio Amazonas.

• MOCIDADE INDEPENDENTE DE APARECIDA:

Enredo: Verde

Compositores: Gueivy Garcia/Marlon Oliveira/Gleison Garcia

“Aparecida é vida na avenida

Pulsa mais forte, o verde coraçao

Me leva! Me leva! Felicidade!

São trintas anos, com a mocidade...”

Nota Dez: Porta-Bandeira

História: A Mocidade Independente de Aparecida foi fundada no dia 15 de março de 1980, no bairro de Aparecida (antigo bairro das Cornetas e bairro dos Tócos e "Das Cajazeiras"), na Zona Sul de Manaus. Em 1981 ganhou o título de campeã do carnaval de Manaus em conjunto com sua madrinha azul e branco – a Em Cima da Hora (em 1981 houve duas campeãs). A Mocidade Independente de Aparecida foi a escola de samba que, em 1983, de certa forma, engendrou no Carnaval de Manaus uma nova forma de se fazer carnaval com carros alegóricos bem acabados e de muito brilho, quando do enredo que versava "sobre os planetas - O Carnaval das galáxias". A escola de possui as cores verde e branco, inspiradas nas cores da Mocidade Independente de Padre Miguel do Rio de Janeiro.

• UNIDOS DO ALVORADA:

Enredo: Sabedoria

Compositores: Bartô/Auzier do Samba/Mingauzinho

“Alvorada já chegou, me leva

Meu samba hoje vem pra te levar

Com sabedoria, você vale ouro

A bateria sensação é meu tesouro...”

História: O Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Alvorada é uma escola de samba de Manaus fundada em 15 de maio de 1995. História: A Comunidade do Alvorada na realidade tinha poucas pessoas que se preocupavam em levar à comunidade esporte e lazer. E dentro da própria comunidade, em 1981, surgiu um movimento chamado União Força Jovem com os amigos Jacaré, Roberval, Nozinho, Sidney, José Carlos e muitos outros que formaram o time de futebol chamado União Força Jovem. Em 1988 ocorreu a fusão de vários times e o movimento foi chamado de Unidos do Alvorada.

• VITÓRIA RÉGIA:

Enredo: Cantando o pensamento na Amazônia, a verde e rosa saúda os imortais

Compositores: Marinho Saúba/Onércio Tores/Edmundo Soldado

“Os imortais

Riscando o chão de poesia

Imortalizando o pensamento

Estampado em fantasia

Após o tempo sombrio, uma estrela surgiu

Academia Amazonense de Letras

Iluminado o céu do pensador

Do caboclo sonhador

Que no beiradão é revelado

Através de literaturas magistrais

No jardim da inspiração: musas caboclas

Flores lendárias da mais bela criação...”

Nota Dez: Bateria

História: Escola de Samba Vitória Régia foi fundada em dezembro de 1975 (em uma segunda-feira, dia 01/12/1975) na Casa da "Tia" Lindoca na rua Jonathas Pedrosa, bairro da Praça 14 de janeiro, Zona Sul de Manaus, por "seu" Fernando, Chiquito, Zé Ruidade, a própria Tia Lindoca, etc... Bem antes disso, em 1946 foi fundada a "Escola de Samba Mista da Praça 14" , que durou até 1961. Muitos dos antigos participantes daquela Escola eram avós, bisavós, pais, mães, enfim, parentes dos fundadores da Vitória Régia. As cores oficiais da Vitória Régia, são o verde e o rosa, inspirados na Mangueira do Rio de Janeiro.

• REINO UNIDO DA LIBERDADE:

Enredo: O morro canta, o Amazonas se encanta, com a saga do boto que navegou sem medo

Compositores: Marcão do Reino/Marquinhos Negriturde/Kabeça

“Reino Unido é sedução

Resistência e gratidão

Sentimento é Boto navegador

Gilberto ô, ô, ô, ô...”

Nota Dez: Alegorias

História: A Reino Unido da Liberdade surgiu oficialmente em 5 de setembro de 1981, em uma reunião de amigos no bairro Morro da Liberdade. O objetivo inicial era amenizar a violência naquela região, onde os jovens careciam de ocupação. A escola surgiu na casa de um dos fundadores, Pirulito, na rua Santa Rosa, e participaram da reunião, entre outros, o ex-vereador Bosco Saraiva, Jairo Beira-Mar, Francisco Maciel, Vicente Neto e Mestre Kalama. Inicialmente eles formaram um bloco de rua que, aos poucos, foi crescendo e ganhando destaque e em 1986 se transformou em escola do Segundo grupo, tornando-se escola do Grupo-Especial em 1987.

• BALAKU BLAKU:

Enredo: Da escrita à internet: não se comunicou dançou

Compositores: Paulino Braga/Miguel Zamba/Frank Mocidade

“Meu coração é só alegria

Águia de ouro para sempre vou te amar

Acesse o site, via internet

Balaku Blaku.com.br...”

História: A Balaku Blaku foi fundada em 22 de outubro de 1977 na Rua Isabel, no Centro de Manaus. Em 1978, ainda como um Bloco Carnavalesco, consagrava-se campeã frente à Batucada Baré e a Batucada Acadêmicos do Rio Negro. Alguns dos Seus fundadores – Churchill, Fernando Teixeira, Rivaldo, a família Teixeira - deram de tudo para que a batucada crescesse e alcançasse um patamar de boa qualidade, anos depois a batucada entrava na qualidade de Bloco de Enredo. Em 1989, foi transformada em escola de samba. Em 1992 a Balaku Blaku desfilava no então recém inaugurado Sambódromo de Manaus e, em 1995 com o vice-campeonato com o Enredo sobre as três raças, a escola finalmente se posicionava como uma das maiores do Carnaval amazonense.

• MOCIDADE INDEPENDENTE DO COROADO:

Enredo: Mesa farta para todos! Que felicidade, setor primário dá samba na mocidade

Compositores: Miguel Zamba/Dominguinhos da Mocidade/Goutier Gaelles

“Sou Coroado que felicidade

O meu desfile faz arrepiar

Nesse banquete não há classe social

Setor primário vem brilhar no carnaval...”

História: A Mocidade Independente do Coroado foi fundada em 10 de março de 1988 por moradores do bairro do Coroado, fronteira das Zonas Leste e Centro-sul de Manaus - na verdade foi fundado um Bloco de Enredo. No início dos anos 70, a Rede Globo de Televisão produziu a novela "Irmãos Coragem" , na qual, o desenrolar do enredo se passava numa localidade chamada de "Coroado", por esta época, por causa do advento da Zona Franca de Manaus (1967), diversas famílias de interioranos do estado do Amazonas, lotearam a área que era do Campus Universitário e lá fincaram raízes para o bairro do Coroado.

• SEM COMPROMISSO:

Enredo: A visão, o homem e o dom divino da criação

Compositores: Paulinho Braga/Fabiano Castro/Agnaldo do Samba

“La vem ela...

Linda deslumbrante a passarela veja a evolução do

pavilhão

Que o poeta amou de coração

Brilhou a luz do sol no mar

Espelhos ardentes de Arquimedes

Que incendeiam o meu carnaval

Do rio Belo partiu, à Europa chegou

O vidro; descoberta dos Fenícios

No olhar Romano... Imperador!

Jóia de raríssimo esplendor

Lentes... O sábio Rufu pesquisou

Desenhos do diafragma ocular

Ptolomeu iniciou n’Alexandria

O estudo que Newton eternizou...”

História: A agremiação foi criada por moradores da Rua Comendador Clementino, próxima ao Centro de Manaus, decidiram fundar um Bloco, como forma de diversificar as opções de lazer da região. No carnaval de 1979, desfilou na Avenida Eduardo Ribeiro, com o enredo "O mundo encantado da Criança". Em 1983 estreou no Grupo principal das escolas de Manaus, onde conseguiu o terceiro lugar, com o Enredo – "Hotel Casyna - Apoteoso e Boemia", onde Aroldo Melodia, da União da Ilha do Governador, do Rio, pôs sua interpretaçao no samba do grande poeta amazonense Aníbal Beça (O poeta ganhou o Prêmio Nestlê de Poemas em 1994, Concurso em Nível nacional, aonde venceu a mais de 5000 poetas de todo o Brasil).

Fonte: Revista Plus, do Diário do Amazonas, edição de 07/02/10
           http://www.wikipedia.org/.

Comentários:

Bom dia.

Caro amigo.
Só para ERRATAR seu seguinte tópico:
http://jmartinsrocha.blogspot.com/2010/02/escolas-de-samba-do-grupo-especial-de.html

Sobre os compositores do samba da G.R.E.S. Sem Compromisso de 2010
Os mesmos são (nove nomes) e não somente 3 como alguém postou:

PAULINO BRAGA (LÁ ESTÁ, paulinho)
AGNALDO DO SAMBA
FABIANO CASTRO
SESINHA
DANIEL SALES
BENTO COELHO
BARQUINHO
SAMUEL
MIGUEL ZAMBA

ATT.

Daniel Sales
MANAUS AM
Postar um comentário