sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

E ÉRAMOS TODOS VELHOS.


Ao abrir o meu e-mail, o famoso correio postal dos antigos, deparei com inúmeros avisos da equipe do Facebook, informando sobre os aniversários dos meus amigos da rede social, para minha surpresa, boa parte já passou da casa dos cinquenta e, outros tantos, pularam a cerca dos sessenta, pois é, mano velho - está chegando aquela famosa fase de “E Éramos Todos Velhos”, parodiando o CD musical da Dra. Graça Silva.

Não tem essa quando a velhice chegar: se correr o bicho pega, se parar, o bicho come. Vai marcar presença no pedaço a famosa PVC (A Porra de Velhice Chegando).

Somente em pensar que, na Copa de Mundo de 2014, já estarei com o pé na terceira idade, isto me dar arrepios. Fazer o quê? Acabou aquela frase de aniversário “quanto mais velho, mais bonitinho”, te esperou!

No meu trabalho, os jovens gostam de tirar onda comigo: é velho prá cá, velho prá lá! Já me acostumei -, em alguns deles, os pés de galinhas já começaram a aparecer – eu acho é pouco! Alguns falam que eu brinquei o carnaval no Bloco da PM (não da Polícia Militar, mas, do Pau Mole!). É mole, mas, sobe!

Os salões de beleza, outrora, uma exclusividade das mulheres, foram invadidos pelos homens. Não tenho o menor constrangimento em mandar tingir o meu cabelo, fazer manicure e pedicuro, além da limpeza de pele ou pelanca, tanto faz!

Quando a grana começar a entrar, sabe Deus lá quando - irei substituir a dentadura surrada e amarelada, por dentes implantados da melhor qualidade, bem como, farei uma cirurgia plástica para mudar o visual. Pode esperar!

Uma amiga me perguntou: - Rocha, o que você e outros coroas conversam lá pelo Bar do Caldeira? Respondi: - Olha, conversamos sobre diversos assuntos, entra no papo política, economia, o dia-a-dia da cidade, piadas, causos, aposentadoria, doenças, remédios, Viagra, Cialis, próstata e a respectiva dedada no fiofó do véio, futebol atual e da antiga, Manaus de antigamente e, principalmente mentiras, um velho fala que deu duas, outro, que deu quatro e, por ai vai! Pense numa cambada de velhos mentirosos.

Um casal de velhos foi fazer uma avaliação de rotina no consultório de um médico geriatra. O médico foi logo direto ao assunto: - Como está a vida sexual do casal de pombinhos? O véio gaitato, respondeu: - Temos muito gás, damos é duas por semana sêo doutor! O médico espantado: - O quê, eu ouvi duas por semana! O véio: - É isso mesmo, uma na Semana Santa e outra na Semana da Pátria! O médico achando graça: - É o gás? A véia responde: - Ele bufa pro lado, eu bufo pro outo – é muito gás, doutor!

Os organizadores do “Bloco de Samba da Terceira Idade”, mudaram o nome para “Bloco da Melhor Idade” – o meu amigo médico Dr. Fernando Português, sempre foi contra esta mudança. Ele fala o seguinte: - O cara que não pode mais trabalhar, a aposentadoria vem descontada pela metade do tal empréstimo consignado, vive tomando remédios, utiliza o Viagra para dar uma lenhada e que já está com o pé na cova, não pode dizer que está na “melhor idade”, um caralho, a melhor idade é quando somos jovens!

Acho que ele deve começar a frequentar os “Clubes de Convivência dos Idosos”, com certeza, ele mudará de opinião, pois, fico feliz em ver aqueles senhores e senhoras todas fantasiadas, alegres, com muito samba no pé, eles voltam a serem crianças novamente, pode chover canivetes, mas, eles não arredam o pé da avenida do samba.

Para finalizar, reproduzo o que o Dr. Prado escreveu : “O envelhecimento é como o ciclo do todo ser humano. Alguns não chegam até esse estágio, mas quem chega deve começar a rever seus modos de vida. O envelhecimento do corpo do homem se inicia com seu nascimento. A partir do momento que deixamos para trás a barriga de nossas mães e entramos em contato com esse mundo, temos o nosso cordão umbilical cortado, está na hora de viver e envelhecer”

E Éramos todos velhos! É isso ai.


Foto: http://www.dicasdesaude.info/dicas/envelhecer-com-saude
Postar um comentário