quinta-feira, 22 de março de 2012

DETALHES DO CENTRO CULTURAL PALÁCIO RIO NEGRO




Um dos poucos que restaram da "Manáos Belle Époque". Foi a sede do governo do Amazonas, tinha o nome original de "Palacete Scholz", um barão da borracha. Teve o nome alterado para Palácio Rio Negro em 1918 após autorizada a compra pelo governador do Amazonas, Pedro de Alcântara Bacellar.
Em 1997, o Governo do Estado, em virtude de sua beleza arquitetônica e valor histórico, o transformou em Centro Cultural Palácio Rio Negro, com espaços abertos a recitais de música erudita e instrumental, exposições, lançamentos de livros, dança e teatro, além de outras atividades culturais. É isso ai. 

Foto: J Martins Rocha
Postar um comentário