sexta-feira, 14 de outubro de 2011

FAMÍLIA COUTINHO


Prezado Sr. Rocha,

Visito frequentemente o seu blog, mais exatamente desde que lhe pedi adição ao Facebook, pois, notícias de Manaus sempre me interessaram, sou neto de portugueses nascidos na região de Santa Quitéria, freguesia de Fontes, cidade Santa Marta de Penaguião, distrito Vila Real que chegaram a Manaus e Recife por volta de 1905.

Há tempos que procuro pelos descendentes de um casal de portugueses que desembarcou em Manaus, sendo primo legítimo de um do Recife (meu avô), eles mantiveram boa relação de amizade até meados de 1945, após esta data as famílias de Manaus e Recife parecem não mais terem se encontrado, cada um em seu trabalho ninguém procurou o outro. E os anos foram se passando eu sempre sabendo que tinha primos em Manaus. Aconteceu de no início de 2011, minha irmã arrumando o guarda roupa de minha tia, descobriu um pacote com fotos e documentos do povo de Manaus.

Então passei a andar na internet, procurando no Google e Telelistas, nada encontrei e nestas pesquisas, mas, conheci a sua página, muito interessante o tema e rica em fotos da Manaus da época, era exatamente o que eu procurava, começou um novo gosto por descobrir e conhecer meus parentes. Mas o que me motivou a aprofundar as pesquisas em sua página foi ter descoberto através dela que existe ou existiu em Manaus um logradouro chamado Silvério Nery (embora não apareça no Google Mapas, Telelistas e Correios).

Este é o início da família que procuro, ele Manuel Taveira Coutinho (nascido em 1879) chegou ao Brasil proveniente de Santa Quitéria, Freguesia de Fontes, Concelho de Santa Marta de Penaguião, Distrito: Vila Real; no ano de 1904, com 25 anos e já casado com Dona Virgínia ... Coutinho (tem um ou dois sobrenomes no meio, mas não sabemos) com dois filhos de nomes, Elisa Coutinho (portuguesa) e Isabel Coutinho (portuguesa) estabeleceram-se em Manaus, onde teve mais filhos e criou a numerosa família.

Seu primo João Guedes Coutinho (meu tio avô) era casado com Maria Emília da Cruz Coutinho, ambos portugueses também vieram para Manaus e em seus documentos encontramos dois endereços de residência: Em 23/06/1910 ele residia à Avenida Silvério Nery Nº 24 e em 04/04/1913; e na Avenida Joaquim Nabuco Nº 45, Manaus.

Algumas informações complementares:

Sabemos que o Sr. Manuel Taveira Coutinho e o José Guedes Coutinho eram amigos dos Srs. Antonio Ribeiro d'Andrade e Alberto Ribeiro d'Andrade, proprietários da indústria “Guaraná Andrade”.

Sua filha Celeste Coutinho, entre os anos de 1934 e 1937 passou um ano em Recife na casa de Manuel Guedes Coutinho, primo de Manuel Taveira Coutinho.

O Sr. Manuel Taveira Coutinho veio ao Brasil aos 02/01/1899 com 19 anos provavelmente para conhecer e arranjar em que trabalhar, e voltou com a família (esposa e duas filhas) aos 23/09/1904, já com 25 anos.

Nas fotos que possuímos algumas têm o nome de estúdios fotográficos marcados nos retratos: (Photo Bazar Sportivo Manaós), (Photografia Allemâ - Manáos), (Oliveira Pará), (Photo Lopes S. Lourenço, este não temos certeza se é de Manaus).

O Sr. Manuel Taveira Coutinho era comerciante, não sabemos qual o ramo.

O seu primo Manuel Guedes Coutinho no Recife, era fornecedor de gêneros alimentícios para navios.

João Guedes Coutinho casado com Maria Emília da Cruz Coutinho, (a esposa só veio em 1905) veio de Portugal aos 26/03/1897, era primo de Manuel Taveira Coutinho inicialmente foi empregado no comércio de Manaus, logo após tornou-se proprietário de seringal residindo na Avenida Silvério Nery, 24 Manaus - AM.

João Guedes Coutinho colocou em sua certidão de casamento no ano de 1913, que residia na Avenida Joaquim Nabuco, 45 - Manaus. Não sabemos se esse era o endereço dele ou de seu primo Manuel Taveira Coutinho.

A filha de João Guedes Coutinho, Ermelinda da Cruz Coutinho era afilhada do Sr. Alberto Ribeiro d’Andrade e passou 2 ou três anos em sua casa.

O Sr. Manuel Taveira Coutinho naquela época só era chamado pelos parentes e amigos de “Seu Coutinho”.

Graças a Ermelinda da Cruz Coutinho ter guardado fotos e documentos sem que ninguém soubesse e por todos esses anos; é que hoje podemos procurar o outro lado dessa história e manter esperança de que ainda podemos nos reencontrar.

Ermelinda da Cruz Coutinho, mora em Recife e esta com 101 anos.

Por estes motivos pergunto:

O Sr. Rocha, pode me ajudar a encontrar meus parentes?

Tenho bastantes fotos, todas (preto e branco) e em excelente estado de conservação.

Agradeço antecipadamente qualquer ajuda para localizar os parentes,

Jorge Nelson Regis

11/10/2011

Para contato, informações ou esclarecimentos:

Sou:

Jorge Nelson Coutinho Regis - Celular TIM (82) 9906-0659
Fone: (82) 3420-1919
Se me informar por e-mail um fone TIM ou um fone fixo eu ligo, é só marcar a hora.
Facebook: Jorge Nelson Coutinho Regis
Av. Vieira de Brito, 425 bairro São Cristóvão CEP 57601-100
Palmeira dos Índios - Alagoas

Prezado Sr. Jorge Nelson Regis,
Li atentamente o seu e-mail e a carta anexada - terei o enorme prazer em ajudá-lo a encontrar os seus parentes em Manaus. O blogdorocha, do qual sou o editor, recebe em torno de 600 visitas diárias, com 60% de Manaus. Irei publicar a carta juntamente com as fotografias enviadas. Um detalhe: não existe a Avenida Silvério Nery, mas sim, a Avenida Constantino Nery (o nome é em homenagem ao filho do Silvério Nery). Irei verificar se ainda existe alguma casa com numero 45 na Avenida Joaquim Nabuco, caso positivo, irei tirar uma fotografia e enviar para o senhor. Irei disponiblizar o seu e-mail na postagem para eventual comunicação com algum parente que por acaso leia o blogdorocha.
Abraços,
Rocha
Aparecem na fotocolagem: Manoel Taveira Coutinho/Dona Virginia Coutinho/Adail coutinho/Odete filha de criação de Elisa Coutinho/João Guedes Coutinho/Maria Emilia Cruz Coutinho/Ermelindo da Cruz Coutinho/Celeste Coutinho/Aurora Coutinho/Jorge Coutinho/Ficha de Inscrição Consular.
Postar um comentário