terça-feira, 22 de julho de 2014

VASCO VASQUES

Os mais jovens devem ficar intrigados com o nome do Centro de Convenções Vasco Vasques, acham que é alguma homenagem ao Vasco da Gama, pois foi construído ao lado da Arena da Amazônia – na realidade, foi uma justa homenagem que o governo do Estado do Amazonas fez a um grande empresário espanhol-português, o Senhor Vasco Vasques, um cidadão que fez história em nossa cidade na área de turismo e hotelaria.


Nasceu em 1913, na cidade de Las Palmas, nas Ilhas Canárias, na Espanha, mas, como era filho do cônsul português Fernando Vasques, foi registrado com a nacionalidade portuguesa.

Em 1939, formou-se em Administração de Empresas, na cidade do Porto (Portugal) e, nesse mesmo ano, o seu pai foi nomeado Cônsul na cidade de Belém, no Pará, mudando com toda a família para o Brasil.

Trabalhou na empresa J. Dias Paes e, em 1943, foi transferido para Manaus, na função de gerente da filial dessa empresa. Em 1945 casou a amazonense Zaira Moreira, com quem teve três filhos: Fernando, Jorge e Carlos, além de uma filha adotiva, a Maria Angélica.

O casal ainda criou a Zilda, uma jovem que veio de Autazes, no interior do Amazonas – ela teve um relacionamento amoroso com o mecânico Zezinho de Jesus, com o qual tiveram o José Roberto Pinheiro, uma grande pessoa, conhecidíssimo em Manaus como “Mestre Pinheiro”.

Em 1950, Vascos Vasques fundou a empresa V. Vasques & Cia, passando a agenciar a Panair do Brasil, em Manaus. Em 1962, o famoso Hotel Amazonas foi a leilão, sendo adquirido por ele, tendo como fiador o Banco do Estado do Amazonas. Foi dono do Bazar América Ltda., na Rua Guilherme Moreira, onde atuava como representante de famosas marcas de eletrodomésticos e colchoes. Em sociedade com o Samuel Benchimol, fundou a Gasônia Ltda. (Fogás), para a distribuição de gás de cozinha.

Para o bem estar social dos seus funcionários e familiares, adquiriu um balneário na Estrada do V8 (atual Avenida Efigênio Salles), chamava-se “Las Palmas”, em homenagem a sua cidade natal.

Criou a primeira agência de viagens do Amazonas, a Selvatur, bem como, o primeiro Hotel de Selva do Estado, a Pousada Janauarylândia, no Lago do Janauary.

Em seu famoso Hotel Amazonas foi criado o Mandy´s Bar, onde a nata da sociedade e os turistas curtiam o que tinha de bom e melhor na cidade e, em 1982, foi fundado a banda carnavalesca que desfilava no centro de Manaus no sábado gordo.

O Vasco Vasques faleceu em 1976, foi um homem visionário, uma pessoa que muito contribuiu para o progresso e bem estar do povo da nossa terra, dessa forma, o nome do Centro de Convenções Vasco Vasques, foi uma justa homenagem! É isso ai.


Obs.: para maiores informações sobre o Vasco Vasques, os leitores devem acesso o Blog Amor de Bica, cujo editor é o meu brother Simão Pessoa, no seguinte endereço:  http://amordebica.blogspot.com.br/2011/02/nasce-banda-do-mandys-bar.html
Postar um comentário