terça-feira, 29 de julho de 2014

MONUMENTO EM HOMENAGEM AO CENTENÁRIO DO TRATADO DE AMIZADE, COMÉRCIO E NAVEGAÇÃO ENTRE BRASIL-JAPÃO.


Quem passa em frente ao prédio da Justiça Federal, no bairro do Aleixo, encontra uma imensa pedra com algumas informações na língua japonesa e uma placa em granito, contendo o histórico do Centenário da Amizade Brasil e Japão.

No local existe uma grade de proteção, calçadas com acesso ao Marco (pedra), três mastros sem as devidas bandeiras do Amazonas, Japão e Brasil, um pequeno jardim sem manutenção, além da pedra em granito – não sei de quem é a responsabilidade de cuidá-lo, mas, está necessitando, com urgência, de uma limpeza no local.

O que está escrito na pedra de cor marrom não sei informar, pois não domino a língua japonesa – seria muito bom se alguém pudesse traduzir para o português e, informar de onde vem aquela pedra e o que ela simboliza.

Na pedra de mármore, consta o seguinte:



HISTÓRICO DO CENTENÁRIO:
1.   Em 5 de Novembro de 1895, foi assinado em Paris o Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil – Japão;
2.   Em 1928, o Senhor Kosaru Oishi e 6 membros fundaram em Maués, a Empresa de Desenvolvimento da Amazônia S.A., cuja  finalidade era a produção de guaraná;
3.   Em 1930, o Senhor Tsukasa Uetsuka fundou o Instituto de Pesquisa Industrial da Amazônia, na Vila Batista, a jusante de Parintins, trazendo 401 formandos para a Escola de Imigração para Cultivo de Juta, que muito contribuiu para a revolução industrial do Brasil;
4.   Em 1952, reinicia a imigração japonesa em toda a região Amazônica;
5.   Em 1967, através do projeto de desenvolvimento do norte do Brasil, foi instituída a Zona Franca de Manaus, onde possibilitou a implantação de 20 empresas de capital japonesa, contribuindo definitivamente para o desenvolvimento industrial do Brasil.
Para simbolizar o laço de amizade cada vez mais forte entre os dois países e para eternizar este ato, aqui construímos este “Monumento de Centenário de Amizade Brasil – Japão”.
Manaus, 5 de Novembro de 1995
Comissão Organizadora do Centenário de Amizade Brasil-Japão:
Presidente: Sr. Tsutomo Ideta
Vice-Presidentes: Sr. Sadao Maeda e Sr. Koichi Muramatsu
Demais Membros:
Consulado Geral do Japão em Manaus
Consul Geral: Dr. Minoru Hirano
Estado do Amazonas, Município de Manaus
Vereador: Dr. Massami Miki

Trabalhei por mais de duas décadas com os japoneses, em fábrica no Distrito Industrial e em lojas de comércio eletroeletrônicos de Manaus, onde tive a oportunidade de fazer muitas amizades com os nipônicos, além de poder me desenvolver profissionalmente e absorver um pouco da sua cultura.  


Este belo Monumento, mostra o quanto os japoneses contribuíram e, ainda contribuem muito, para o desenvolvimento industrial da Amazônia e do Brasil, dessa forma, merece calorosamente todo o nosso respeito e admiração. É isso ai.
Postar um comentário