terça-feira, 24 de maio de 2011

CANTORA SALETE MACHADO

Foi batizada Maria da Salete Pereira Machado, nasceu no Rio Grande do Norte, na cidade de Cruzeta, está com 73 anos de idade, com 16 anos morando na Fundação Doutor Thomas, possui deficiência visual, mesmo assim, destaca-se como uma excelente compositora e cantora, além de possuir um invejável alto astral.

Ela foi casada duas vezes, sendo mãe de seis filhos; veio para Manaus aos 35 anos idade, perdeu a visão aos 51 anos de idade e, entrou no Asilo com apenas 57 anos.

Depois que perdeu o sentido da vista, o seu dom musical veio aflorar, compôs inúmeras músicas, sendo as mais conhecidas: “Telefone” (foi gentilmente doada ao cantor pop-brega Nunes Filho) e "Serinqueiro" (fala da época áurea da borracha e dos trabalhos dos seringueiros)..

Gravou dois CD`s, o primeiro foi “A Luz dos Meus Olhos”, com dez faixas de sua própria autoria, faz parte do projeto Valores da Terra; o segundo, foi dedicado às criancinhas de Manaus, chama-se “Canções Infantis da Vovó Salete”, com destaque para “Coelhinho”, “Parabéns” e “Pinóquio”.

Além desse dom musical, ela esbanja alegria, felicidade e alto astral, foi rainha do carnaval de 2007, da Fundação Doutor Thomas, além de ser homenageada no “Dia Internacional da Mulher”.

Ela encontrou o seu segundo amor na própria instituição onde mora, o seu casamento foi realizado na Fundação, com direito a um belo vestido branco de noiva e tudo o mais, o evento foi filmado e passado numa televisão de Manaus, infelizmente, o seu marido veio a falecer pouco tempo depois.

A minha amiga Graça Silva (Delegada de Polícia), possui um carinho todo especial por ela, gosta de chamá-la de "Sasá", iniciou a amizade quando a Salete morava com um casal de japoneses, no Conjunto Dom Pedro, zona centro-oeste. A Salete gostava de imitar a voz de homem, ligava para os programas de rádio, pedia para tocar algumas músicas românticas e oferecia para as amigas, em especial, para a Doutora Graça, certo dia, foi descoberta a brincadeira, mesmo assim, ainda continuou a oferecer lindas melodias a amiga querida.

Conheci a Salete faz algum tempo, ela foi ao Bar do Armando, no Largo de São Sebastião, estava acompanhado do poeta e escritor Áureo Nonato (autor dos livros “Os Bucheiros” e ”Pitombas & Biribás” e, do hino de Manaus), ele foi divulgar o CD da cantora, foi um show, com direito a muito “Aluá” (bebida fermentada da casca do abacaxi) e pupunhas à vontade.

Tempo depois, fui visitá-la na Fundação Doutor Thomas, levei o meu saudoso pai para conhecê-la, ele ficou encantado com a sua voz e o alto astral, ele fez questão de comprar um CD e pagou pelo preço de cinco, todas as manhãs ele colocava para tocar no seu micro system.

Quem desejar conhecer esta figura e adquirir os seus CD´s, deve se dirigir a Fundação Doutor Thomas, na Rua Dr. Thomas, 798, bairro Nossa Senhora das Graças, CEP: 69053-035, telefone: (92) 3236-9629 E-mail: fdtam@pmm.am.gov.br, com entrada também pela rotatória da Rua Maceió. É isso.

Fonte:

http://portalamazonia.globo.com/new-structure/view/scripts/noticias/noticia.php?id=64963
Postar um comentário