sexta-feira, 10 de julho de 2009

SBPC - CIÊNCIA E CULTURA SE ENCONTRAM NA AMAZÔNIA


A SBPC-Cultural mostrará diversidade de manifestações culturais existentes naregião. O evento ocorrerá paralelamente à 61ª Reunião Anual da SBPC.

Além de ampliar o conhecimento científico sobre a Amazônia brasileira, o público participante da 61ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) também terá a oportunidade de ter contato direto com a diversidade cultural da região. Ao término das atividades científicas, nos dias 13 a 17 de julho, a ciência dará lugar à cultura no campus da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), em Manaus, com a realização da SBPC Cultural.
Composta por uma série de atividades, com ênfase na produção artística e cultural da região, o evento deverá reunir cerca de 500 artistas, de diversas expressões culturais, reunidos pelo projeto cultural Uakti - um movimento criado no final da década de 80 no Amazonas com o objetivo de possibilitar a expressão e a construção da identidade dos artistas amazonenses.
“A programação está fantástica e digna de receber os participantes. Terá uma diversidade de manifestações culturais da região, abrangendo, entre outras, música, dança, artes plásticas e teatro”, conta o coordenador da SBPC Cultural, William Gama.
Destaques – Distribuídas por núcleos temáticos, um dos destaques da programação cultural é o show de música popular brasileira “Encontro das águas e dos poetas”, que será realizado nas noites dos dias 13 a 15 de julho. Reunindo 27 canções, de autoria de poetas, cantores e intérpretes amazonenses, a cada três músicas executadas serão recitados poemas com o mesmo tema das composições: a água.
Na quarta-feira, 15 de julho, os grupos indígenas das etnias dessana e saterê também apresentarão parte do repertório de músicas de suas tribos, de forte conteúdo ritualístico e muito associadas à dança, na “Mostra de Música Instrumental”. Já na sexta-feira, dia 16 de julho, o aclamado violonista Sebastião Tapajós subirá ao palco para dar uma mostra do virtuosismo musical que tem encantado platéias no Brasil e no exterior.
Ao final das apresentações, nos dias 13 a 17, serão realizados shows dançantes mostrando toadas de boi-bumbá de Parintins, músicas do beiradão – uma mistura de ritmos e influências musicais que buscam resgatar a cultura dos caboclos - e sambas de enredo compostos por escolas de samba da região em homenagem aos 100 anos da UFAM e aos 50 do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). Para fechar a programação, no dia 17 de julho, se apresentarão cinco grupos folclóricos que se destacaram na última edição do Festival Folclórico do Amazonas, reproduzindo uma quadrilha de festa junina, o cangaço nordestino e a ciranda, entre outros.
De acordo com o agente cultural, o entusiasmo dos artistas se deve à oportunidade de mostrar ao público participante da 61ª Reunião Anual da SBPC a diversidade cultural da Amazônia e desmistificar a imagem que a região tem em outros lugares no País e no exterior. “O discurso sobre a Amazônia na mídia internacional e brasileira é geralmente ligado às questões ambientais. Como o próprio tema escolhido para a Reunião da SBPC este ano é ciência e cultura na Amazônia, queremos mostrar no evento que, além de fazermos ciência, também temos uma cultura muito rica e diversificada”, ressalta.
Serviço: A SBPC Cultural integra a programação da 61ª Reunião Anual da SBPC que será realizada a partir do dia 12 em Manaus (AM), no campus da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). O evento, cujo tema é “Amazônia: Ciência e Cultura”, contará com 175 atividades, entre conferências, simpósios, mesas-redondas, grupos de trabalho, encontros e sessões especiais, além de apresentação de trabalhos científicos e minicursos. Veja a programação em http://www.sbpcnet.org.br/manaus.
ATENDIMENTO À IMPRENSA
Acadêmica Agência de Comunicação
Angela Trabbold
(11) 5549-1863 / 5081-5237 / 9912-8331
mailto:angela@academica.jor.br; mailto:imprensa@sbpcnet.org.br
Postar um comentário