sexta-feira, 29 de maio de 2009

PARINTINS, AMAZONAS, BRASIL

Posted by Picasa

Universidade do Folclore em movimento


Um verdadeiro exército artístico vermelho, formado de folcloristas, coreógrafos, artista de alegoria, pesquisadores, compositores, itens individuais e coletivos, artistas de tribos, batuqueiros, técnicos de som e iluminação, faz rodízio entre a sede da Comissão de Artes, o Galpão Central, galpão da Cibrazem e o curral Lindolfo Monteverde na preparação de construção do projeto “Emoção” do boi bumbá Garantido, que mais uma vez derrotará na arena do bumbódromo a contrariada.Nesta semana chegou a Parintins a terceira remessa de ferro, isopor, papelão, cola de sapateiro, tinta, tecidos elásticos, solda, roldana, cabos de aços e esponja comprados na capital do estado, pelo presidente Vicente Matos.A cidade Garantido considerada a “Universidade do Folclore de Parintins” está movimentada com soldadores, marceneiros, auxiliares, serviços gerais, pintores, pistoleiros de alegoria e ajudantes. “Pediram-me condições de trabalho, a diretoria de novo vem fazendo de tudo para não deixar faltar à matéria prima, por que estamos cientes que mais uma vez sairemos vencedores na arena”comentou Vicente.

Fonte: O Jornal da Ilha - http://www.ojornaldailha.com/index.php?secao=leitura&parintins=674


Ilha Paraíso

Os aspectos físicos e geográficos não traduzem totalmente o que é Parintins, a cidade dos Bumbás Caprichoso e Garantido, mas também uma cidadela simples que impõe atitude pelas diversas particularidades que possui e que encanta qualquer visitante. Hospitalidade, alegria, devoção e simplicidade são as chaves do sucesso dessa cidade.
O modo de vida do parintinense é fruto de uma cultura mágica, difícil de explicar. Sem a euforia dos dias que antecedem o grande festival folclórico, Parintins é apenas uma aldeia de gente muito simpática, que anda pelas ruas de bicicleta, que pinta as fachadas das casas da cor do boi que faz pulsar a paixão, que conversa das tardes ao anoitecer em cadeiras de embalo nos batentes das portas e que também veste a melhor roupa, aos domingos para reverenciar na belíssima Catedral a santa do lugar, Nossa Senhora do Carmo.
É um cotidiano simples, mas ao mesmo tempo repleto de artes. O povo de Parintins já nasce com dons especiais. São artistas que compõem, cantam, esculpi, pintam com muita habilidade e até criam novos rumos para o português, inventando um linguajar próprio. Bastam um visitante chegar que eles querem demonstrar carinho, fazendo sentir-se em casa, chamando logo de parente (o mesmo que cara ou irmão), mostrando a cidade e seus talentos com orgulho.
Cidade cercada de belezas naturais, Parintins, a ilha do Paraíso, se completa mesmo pelo povo que tem. Os atrativos turísticos se tornam, portanto, importantes, mas não fundamentais. A Catedral de Nossa Senhora do Carmo, a Vila Amazônia, as praias de Taracuera ou do Varre Vento e Serra de Parintins são visitas obrigatórias, mas não perca uma bate-papo informal com a gente do local. Afinal, Parintins é repleta de personalidades e de mitos como seu Valdir Viana, famoso curandeiro; Dona Maria Ângela, a mulher que tem a casa e os objetos todos em vermelho em homenagem ao boi Garantido, ou até o sábio e folclorista Simão Pessoa, praticamente o engenheiro intelectual do bumba Caprichoso.
Visite os currais dos bois em Parintins, Caprichoso e Garantido, os personagens que projetam a cidade para o mundo. Conheça tudo e não esqueça, é claro, da culinária do local. E imprescindível

Fonte:
www.parintins.com

Festa Azul sacode a Ilha


Parintins se veste de azul para a Festa de lançamento do CD “Amazonas, Onde o Verde Encontra o Azul” do Caprichoso, que acontece neste sábado, dia 18, no Curral Zeca Xibelão. Uma festa com dois momentos marcantes: a inauguração do novo Curral e o mega espetáculo de luzes, cores, alegria e emoção para a galera azul e branca. O presidente Carmona Oliveira vive a expectativa do evento que agita a Ilha azulada. “Sentimos a vibração pelo nosso torcedor, que tem visitado o novo curral, tem participado dos ensaios técnicos da Marujada e tem acompanhado as nossas vitórias”, enfatiza. Ele anuncia que na próxima semana o CD azul já estará nas lojas de Parintins e Manaus para comercialização. Neste ano o diferencial da festa será a participação direta dos artistas de galpão Teco e Jairzinho Mendes, Rossy Amoedo, Ozéas Bentes, Karu Carvalho, Juarez Lima e Emerson Brasil, responsáveis pela aparição dos itens.A festa inicia às 22h com a Banda Azul e Branco com repertório de toadas antológicas, seguido da Banda Oficial que inicia o espetáculo com apresentação de dez toadas novas, coreografias da Trupe, a torcida oficial Raça Azul, o Grupo CDM de Maués e os itens oficiais. A outra parte da festa terá a participação da Marujada de Guerra e das Bandas Caprichoso e Canto Parintins que encerram o evento.No sábado pela manhã acontece também à reinauguração da Escolinha de Arte “Irmão Miguel de Pascalli” e o hasteamento do pavilhão azul no Curral Zeca Xibelão.(Jean Aquino)

Fonte: O Jornal da Ilha - http://www.ojornaldailha.com/index.php?secao=leitura&parintins=661


Parintins em estado de emergência


A Prefeitura de Parintins publicou decreto 031/2009 que determina situação de emergência em decorrência da enchente do Rio Amazonas que já atinge níveis ameaçadores inundando bairros da Ilha Tupinambarana e comunidades da área de várzea. O Decreto foi protocolado no dia 13 na Defesa Civil Estadual. Pelo Decreto 030/2009, a Prefeitura também estabelece situação de emergência com relação ao fenômeno das terras caídas. Por causa do grande volume de águas do rio Amazonas toda a orla de Parintins onde ainda não foi feito muro de arrimo está sob ameaça de erosão. O prefeito Bi Garcia está desde segunda-feira em Manaus em busca da parceria do Governo do Estado e da Defesa Civil Estadual para socorrer as vítimas da enchente.

Fonte: O Jornal da Ilha - http://www.ojornaldailha.com/index.php?secao=leitura&parintins=655
Postar um comentário