sábado, 31 de outubro de 2015

PROGRAMA “JOSUÉ FILHO, COMUNICANDO”


Com o veto da presidente Dilma, sobre a aposentadoria compulsória dos funcionários públicos aos setenta e cinco anos de idade (caso o Congresso Nacional não derrube), muitos terão que vestir os pijamas aos setenta ou voltar a exercer a antiga profissão, um deles, será o Josué Filho, atual presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas, que já anunciou a sua volta ao comando do seu antigo programa matinal na Rádio Difusora do Amazonas.

Esse programa radiofônico teve uma estrondosa audiência por longos anos, tanto que contribuiu para a eleição do Josué Filho para o parlamento, com grande margem de votos.

O programa tinha um quadro apelidado pelos ouvintes como “A Escolhinha do Professor Jusué”, que fazia perguntas simplórias para os ouvintes que ligavam para a emissora, com a distribuição de brindes para aqueles que acertavam as respostas corretas.

Certa vez, um cidadão ligou:

- Alô, Josué, aqui é o Zé Luiz, do Jorge Teixeira, na Zona Leste, quero participar e ganhar, é claro!

- Muito bem, Zé Luiz! Aproveito e mando o beijo no coração para todos os moradores da Zona Leste! Eu tenho aqui, dez fraldas descartáveis da Sapeca; dois pacotes de guaraná pet de dois litros da Magistral; um fogão de duas bocas com a botija sem gás e, ainda, um rancho avaliado em duzentos reais. Escolhe um!

- Poxa, Josué, eu quero, com certeza, o rancho, pois aqui em casa a coisa tá pegando! Outra coisa, Josué, faz uma pergunta bem fácil!

- Deixa comigo, mermão! Vamos lá: Ele veio ao mundo, pregou, foi morto e crucificado na cruz, para nos salvar. Qual o seu nome?

- Poxa, Josué, essa é difícil! Dá uma dica!

- Dou sim, gente boa! Vamos lá: Ele nasceu em Belém!

- Poxa, Josué, continua difícil, pois conheço somente até Santarém! 

- Caramba, meu filho, fica ai na linha, não desliga, não, quero falar com você fora do ar!

- Minha Santa Genoveva! Você fez o pessoal do estúdio morrer de rir! Não esquenta, não, vem aqui receber o teu rancho, pois está todo mundo querendo conhecer essa sumidade!

- Poxa, Josué, muito obrigado! Me passa o endereço completinho da Rádio Difusora!

- Anota ai, gente da melhor qualidade: Fica na Avenida Eduardo Ribeiro, numero seiscentos e trinta e nove, centro antigo, edifício palácio do comercio, nos dezenove e vinte andares, cepe sessenta e nove mil e dez, Manaus, Amazonas, Brasil!

- Poxa, Josué, esse endereço é muito difícil! Tem um ponto de referência?

Caralho, meu irmão!
– desligando na cara do sujeito.

Segundo o meu saudoso amigo Crisanto Jobim (um antigo frequentador do Bar do Armando), o caboco chegou ainda pela manhã, cumprimentou a todos, recebeu o ranchão e, ainda pediu o dinheiro para voltar para a Zona Leste! É mole?

O programa tinha “A Sexta dos Coroas”, onde Josué falava muito pouco, era um martírio para ele, pois o homem “fala mais que a preta do leite” – mandava o Disc Jockey (DJ) colocar músicas do Altemar Dutra, Waldick Soriano, Abílio Farias, Nelson Gonçalves e outras feras – a velharada ia à loucura, pois se lembravam dos lupanares Iracema, Verônica e Lá Hoje – um convite para “tomar uma loura gelada” e daqueles tempos bons.

O Josué tinha também um quadro de entrevistas, onde os políticos e as autoridades faziam questão de participar, pois o programa tinha uma grande audiência, deixando os caras em evidencia.

O único problema era o próprio Josué, pois formulava a pergunta e, em seguida, dava a resposta, não deixando o caboco falar nada – os únicos que ele respeitava, ouvindo caladinho e sem interromper, era o Prefeito ou o Governador.

Atualmente, o programa vendo sendo comandado pelo radialista Valdir Correa, conhecido como “O Garotinho”, um profissional que possui seus méritos, tornando-se, também, um campeão de audiência.

Na minha humilde opinião, o novo formato do programa do próximo ano, o Josué deve ficar no primeiro tempo, com as orações e palavras de fé e alto astral, enquanto, o segundo tempo, deve continuar com o Valdir Correa e sua equipe, fazendo os gols de audiência.


Parabéns a Rádio Difusora do Amazonas, ao Josué Filho, Valdir Correa e sua equipe e ao programa matinal. É isso ai.
Postar um comentário