sábado, 16 de junho de 2012

ENQUANTO ACONTECE A RIO +20 SEMMAS AUTORIZA A EMPRESA CONCRECICLE A DESMATAR UMA APP EM MANAUS


Enquanto o Brasil sedia a “Rio +20”, um evento para definir a agenda de desenvolvimento sustentável para as próximas décadas e, o governador Omar Aziz e seu alto escalão estão no Rio Janeiro para participarem de diversos eventos e palestras – acontece, em Manaus, conhecida como a capital da Amazônia, um descarado desmatamento, incluindo uma Área de Proteção Permanente (APP), nos bairros Puraquequara e Colônia Antônio Aleixo.

O Senhor Marcelo Dutra, Secretário Municipal de Meio Ambiente, deu a licença para terraplanagem de uma área próxima as margens do Lago do Aleixo e Igarapé Castanheira, no entanto, a empresa beneficiária, a Concrecicle - Comércio de Materiais Reciclados, Ltda. – resolveu desmatar uma parte de uma área protegida por lei federal.

Para quem não sabe, segundo a Wikipédia "uma APP é uma área coberta ou não por vegetação nativa, com a função ambiental de preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geologia, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo e assegurar o bem-esta das populações humanas".  

Muito bem, depois de a referida empresa colocar os seus tratores e, derrubar centenas de árvores, houve uma denúncia geral por parte dos moradores daquela área, bem como, do Instituto Amazônico da Cidadania (IACI) que, protocolou, anteontem, no Ministério Público (MPE) uma ação pública contra a SEMMAS, por omissão de fiscalização ou acompanhamento da empresa infratora.

Conforme entrevista no jornal A Critica, edição de ontem, o titular da Semmas saiu-se com a seguinte pérola “Manaus tem 2 milhões de habitantes e 11 mil quilômetros quadrados. Seria imbecibilidade imaginar que você daria uma liberação e iria monitorar como se fosse uma babá colocando um funcionário físico presente dentro”.

E agora, José? Milhares de pessoas de várias partes do planeta estão reunidos na “Rio +20”, incluindo o governador, secretários, senadores e outras autoridades do Amazonas, todos estão falando e discutindo sobre o meio ambiente e a preservação da Amazônia e, em Manaus, um secretário responsável pelo meio ambiente, deu uma declaração que autoriza, mas, não é babá de ninguém, ou seja, não tem o dever de fiscalizar o desmatamento! É mole!

Foto: Antônio Lima (jornal A Critica)
Postar um comentário