quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

LANÇAMENTO DO CD "BICA 2017", ESQUENTA GERAL NO BAR DO ARMANDO



A maior e melhor banda de carnaval de rua de Manaus, a Banda Independente da Confraria do Armando - BICA, fará o seu esquenta geral, amanhã (quinta-feira), com o lançamento do CD "BICA 2017", este ano terá duas capas, com edição limitada - serão três marchinhas atuais e mais vinte antigas.

Estará a venda no Bar do Armando (balcão) e com o musico e compositor Adal Deus Te Abençoe (celular 99116-8804), ao preço de R$ 10,00 (dez reais).





A nossa BICA surgiu em fevereiro de 1987 – Na reunião histórica de fundação da BICA estavam presentes os compositores Celito Chaves e Afonso Toscano, a engenheira civil Heloísa Chaves, o jornalista Deocleciano Souza, o advogado Francisco Cruz, o professor Mário Jorge Buriti e o músico Manuelzinho Batera.

Depois, dramaticamente, dada a urgência de levantar grana para colocar o bloco na rua, os demais frequentadores do bar assinaram o Livro de Ouro na condição de fundadores, entre eles, Mário Adolfo, Eduardo Gomes, Carlos Dias, Inácio Oliveira, Orlando Farias, Isaac Amorim, Jorge palheta, Arnaldo Garcez, Aldisio Filgueiras, Marco Gomes, Simão Pessoa, Amecy Souza, Rosendo Lima, Rogelio Casado, Nestor nascimento, Ary de Castro Filho, Felix Valois, Jorge Álvaro, Jomar Fernandes, Sérgio Litaiff, Lino Chíxaro, José de Anchieta, José Luiz Klein, Américo Madrugada, Anselmo Chíxaro, Guto Rodrigues e Torrinho.

O livro Amor de Bica, conta as histórias e as estórias da banda carnavelesca mais debochada de Manaus – escrito, em 2005, pelo Mário Adolfo, Orlando farias, Simão Pessoa e Marco Gomes.

Era apenas uma brincadeira que reunia senhores de cabelos grisalhos, pessoas do povo, doutores do judiciário, desocupados, jornalistas, poetas, músicos, estudantes e professores de filosofia do “CAUA” da Universidade do Amazonas.

Ela foi criada aos moldes da “Banda de Ipanema”, do Rio de Janeiro, com banda de metais e dos carnavais do Recife, com os bonecos gigantes.

Hoje, com 30 anos redondinhos, a nossa BICA se consolidou, fazendo parte do calendário cultural da cidade de Manaus.

A BICA possui um novo formato, com grades de proteção desde a Rua Dona Libânia até a Avenida Eduardo Ribeiro, contando com barracas credenciadas, deixando muito espaço para vocês se divertirem a vontade.

O espaço é dotado de dezenas de banheiro químicos, colocados estrategicamente ao lado da Igreja de São Sebastião, Praça de São de São Sebastião e Teatro Amazonas, como forma de atender aos nossos “Biqueiros” e, preservar os nossos monumentos históricos.

Agradecemos de coração o apoio do Governo do Estado do Amazonas, através da Secretária de Cultura, Polícia Militar, Policia Civil e Corpo de Bombeiros e, da Prefeitura de Manaus que, através de várias secretárias, autorizou a realização desse evento.

Para segurança dos nossos foliões, contamos com a colaboração de vários seguranças contratados e, por militares da nossa policia militar do Amazonas, para coibir brigas, furtos e danos ao patrimônio público.

Pedimos a colaboração de todos - vamos cuidar com carinho da Igreja de São Sebastião, do Teatro Amazonas, da Praça de Sebastião e todo o seu entorno.

Arte: Liminha 


Postar um comentário