sábado, 23 de novembro de 2013

TÔ FORA & TÔ DENTRO


TÔ FORA! - Sou um cara muito tranquilo, calmo, paciente, reclamo muito pouco da vida e das pessoas, mas, pisou no meu pé ou alguém me atende com indiferença, os nervos vão para o espaço sideral. Às vezes, engulo, mas, pode esperar, darei o troco de alguma forma. Pois bem, na quinta-feira passada, resolvi "forrar o bucho" na Lanchonete Esquina dos Sucos, na Avenida Eduardo Ribeiro com a Rua 24 deMaio. Estava lotado (como sempre!), fiquei em pé por uns 15 minutos, mesmo assim chamei um atendente, ele nem olhava para mim. Esperei mais alguns minutos. Em vez de chamá-lo novamente, fiz o pedido bem alto:
- Um suco de graviola e um ChessSalada!
O cara respondeu gritando: - Não tem graviola!
– Manda fazer o "sanduba" que vou escolher outra fruta! – respondi numa boa.
– Vai demorar! – respondeu com raiva.
- Esse vai demorar equivale a quantos minutos mais ou menos? - perguntei pacientemente.
- Não sei! – respondeu novamente com raiva.
Cara, os culhões subiram, respirei fundo e, resolvi calar e ir embora. Fui ao Largo de São Sebastião, fiz o meu lanche no “África House”. Sabe quando eu irei novamente na Esquina dos Sucos? Nunca mais! Vou fazer propagando negativa na “Rádio Cipó”! Tem mais, vou colocar na página deles no Facebook! Tô fora!


TÔ DENTRO – Hoje, pela manhã fui até a Feira da Banana, para comprar algumas frutas e verduras, estava em companhia da minha neta, a Duda – O tempo passou rapidinho e, a barriga começou a roncar. Resolvi testar a Praça de Alimentação do Mercado Adolpho Lisboa, fui a até a “Banca do Sassá”, onde fui atendido pelo meu nobre colega:
- Temos Pirarucu desfiado e também frito, Sardinha, Tambaqui e Tucunaré, acompanhado de Baião de Dois e Vinagrete! 
- Beleza, Sassa! E o PT da terra? – puxando conversa.
– Tá bom demais, o nosso amigo Vital é o presidente municipal! – respondeu alegre e satisfeito. 
- Prepara um Tucanaré!  - fiz o meu pedido.
Como diz o caboclo “passei o pano no local” – um local simples, mas, tudo bem organizado, limpo, cozinha nova e pessoal treinado até para falar algumas frases em inglês.
Quando estávamos terminando de detonar o nosso Tucunaré, chegou um casal de turistas brasileiros, pelo sotaque eram cariocas – o Sassá os levou até a cozinha, mostrou tudo, falou sobre os peixes e os preços. Eles sentaram e ficaram admirando o local e o nosso Mercadão!
Sabe quando eu irei voltar a Peixaria do Sassá? Sempre! Vou até divulgar no nosso blog. Tô dentro!
Postar um comentário