sábado, 13 de abril de 2013

HOMENS QUE FIZERAM HISTÓRIA NO AMAZONAS (I)


J. G. ARAÚJO - Na minha adolescência tive a oportunidade de conhecer diversos empreendimentos do mega empresário J. G. Araújo, a sede da empresa ficava na Rua Marechal Deodoro, centro de Manaus; o homem nadava em dinheiro, inclusive mandou fazer uma grande calçada, feita totalmente de borracha. Conheci também uma bela casa que pertencia ao empresário, fica bem na entrada da Vila Amazônia, em Parintins (AM); tive também a felicidade de entrar na sua antiga residência, no Largo de São Sebastião, o local funciona o ateliê Renato Araújo e pertence ao governo do Amazonas, dizem que nos porões dessa casa, o famoso cineasta Silvino Santos revelou os negativos do filme “No Paíz das Amazonas”, rodado em 1922. Presenciei, também, um grande incêndio em um prédio do J. G. Araújo ficava na Rua Marechal, virou cinzas uma grande parte da memória de Manaus, diz as más línguas que o fogo foi de origem criminosa, o famoso “turco-circuito”.






JONATHAS PEDROSA – Um médico baiano que adotou o Amazonas como sua terra – nasceu em 8 de Abril de 1848 e, veio para Manaus em 1876, onde trabalhou como 2º Tenente-Cirurgião do Corpo de Saúde do Exército. Quando deu baixa, foi convidado para ser o Inspetor de Saúde (atual Secretário de Saúde). Foi também professor da língua francesa, no Liceu Amazonense (atual Colégio Estadual D. Pedro II); Diretor da Escola Normal (atual IEA), Diretor Geral da Instrução Pública (atual Secretaria de Educação) e foi o fundador do Colégio Ateneu Amazonense. Envolveu-se na política, sendo um dos fundadores do Partido Republicano, foi duas vezes Senador da República e, chegou a governar o nosso Estado (1913/1917). Conheço um dos seus descendentes, o Pedrosa, um cara que freqüenta o Bar Caldeira – segundo o meu amigo, o seu tataravô morava na Avenida Joaquim Nabuco, numa bela casa onde, hoje, esta estabelecida a sede do Grupo Simões. Em sua homenagem, os políticos batizaram uma rua denominada Rua Jonathas Pedrosa, com início na Rua Major Gabriel e vai até a Avenida Álvaro Maia. 
Postar um comentário