quinta-feira, 4 de junho de 2015

SECOS & MOLHADOS


FERIADÃO DE JUNHO

Quinta (feriado católico "Corpus Christis");
Sexta (ponto facultativo);
Sábado (dia de descanso para judeus e cristãos sabatistas) e, 
Domingo (Dia de Sol).

Foto: Praia da Lua - Prefeitura de Manaus



ELES ADORAM

Servidor Público adora um ponto facultativo;
Prefeito adora uma dispensa de licitação, em caso de “emergência ou calamidade pública”;
Politico adora recesso parlamentar, financiamento de campanha y “otras cosita más”;
Prefeito, Governador e Presidente, adora uma reeleição (acho que vai acabar essa mamata);
Eleitor "burro" adora ser enganado pelo politico que elegeu;
Os membros de uma CPI adoram uma pizza;
Professores e servidores da UFAM adoram uma greve;
O presidente Dissica adora a FAF (está no poder mais de vinte anos);
Pastor e Padre adoram uma passar a sacolinha;
Completem a lista (para aqueles que adoram "meter o pau"!). Hehehehe

Heloisa Maria Braga Cardoso da Silva Meu queridissimo Jose Rocha, senti muito que você tenha misturado alhos e bugalhos. Professores da UFAM não adoram uma greve. Ponho essa sua escorregadela na desinformação na conta de seu espirito de brincalhão.
Jose Rocha Professora Heloisa Maria Braga Cardoso da Silva O texto é critico e, também, brincalhão – características da minha personalidade. Quando escrevi, a primeira pessoa em que pensei foi você, pois sabia que não iria gostar nem pouco, pois mexia com a UFAM. A nobre professora adora o seu oficio e, trabalha muito, formando milhares de pessoas para o nosso Estado. Bem sei que, todo trabalhador tem assegurado pela CF/88 e por lei especifica, o direito a greve, um exercício legitimo para a defesa dos seus interesses. No entanto, em 2011, foram 110 dias de paralisação e, em 2012, mais quatro meses! Não esquenta, pois sou formado pela UFAM, adoro a minha Universidade, tenho um enorme carinho pelos professores, servidores e alunos e, apesar de existirem dezenas de faculdades em Manaus, a nossa UFAM é a melhor de todas, apesar das greves! Abraços

OH, QUE PENA!

A pena de cinco anos imputada ao ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró, não foi muito “cervera”! Nós, os contribuintes, fomos escalados para “pagar o pato” pelo rombo, embutidos nos últimos aumentos dos combustíveis, em decorrência dos desvios feitos por ele e por outros pilantras.

Ulisses Filho Marques E o que ele roubou será devolvido?
Tomara que sim, bem como a quadrilha, deve ser devolvido tudo que foi roubado.
Jose Rocha Amigo Ulisses Filho Marques esse Ceveró sempre ficou calado, não entregou ninguém, pois sabe muito bem que "merda quando mais se mexe, mais fede"! Pois é, o camarada vai cumprir, talvez um ano de cadeia e, vai ficar doente, passando o resto da pena em casa! É para isso que existem advogados! A grana deve estar dentro de vários colchões e em nome de laranjas, caso tomem o seu apartamento, avaliado em oito milhões, ainda faltam mais de quarenta milhões de DÓLARES! Abraços.

FÁCIL, NÃO?

A Petrobras teve um lucro líquido de 5,3 bilhões de reais no primeiro trimestre de 2015, em decorrência da queda do preço do barril no mercado internacional, aumento da produção interna, não inclusão dos desvios e, principalmente, pelo aumento do preço da gasolina e do diesel. O Banco do Brasil teve também um lucro líquido de 6,8 bilhões no mesmo período, em decorrência da elevação das taxas de juros e por cobrança de taxas de todo ordem, pagas sem ser conferidas pelos correntistas. Lucro em cima da gente. Fácil, não?

BARCO DO CAPETA

 Conheço um sujeito que tem o apelido de “Capeta”, em decorrência de ter fundado, em sua juventude, uma banda de rock denominada de “Os Capetas”. Tempos depois, tornou-se empresário do ramo da Tecnologia da Informação (TI) – com a grana sobrando, resolveu comprar um barco regional (de madeira) para desfrutara das belezas dos nossos rios. Nos meses de férias, alugava o referido barco para os turistas. Ele prestava assessoria técnica para uma empresa em que eu trabalhava. Certa vez, um colega de trabalho, o Janio Lobo, um evangélico dos bons, resolveu alugar o “Barco do Capeta”, para levar um grupo de pastores que vieram de várias partes do Brasil e dos Estados Unidos. Saíram do Porto de Manaus e foram até o majestoso “Encontro das Águas” do Solimões e Rio Negro. Antes de chegarem, caiu um temporal daqueles, todos ficaram assustados, pois o barco começou a balançar e estalar, quando um pastor norte-americano começou a tremer de medo e gritou: - Esse barco é seguro? Quem é o dono dele? O Janio respondeu: - Pastor, ele pertence ao Capeta! O gringo arregalou os seus olhos azuis, respirou fundo e, gritou: - Jesus Cristo! Depois da tormenta, os evangélicos voltaram sãos e salvos para a cidade, a bordo do Barco do Capeta!

PETISTA ROXO

Tenho um amigo que é petista "roxo", ele é servidor da SUFRAMA e, estava na expectativa da aprovação da MP que equiparava os salários daquela autarquia aos do Ministério da Indústria e Comércio. Com o veto parcial da presidente Dilma, excluindo essa possibilidade, acho que ele está agora "vermelho", mas de raiva! No entanto, estou na torcida pela derrubada do veto no Congresso Nacional ou na edição de uma nova MP corrigindo essa distorção salarial. Dizem os especialistas que, o impacto do reajuste seria de R$ 32 milhões por ano e, caso os eles entrem em greve, as percas serão de R$ 150 milhões por dia!


DIA DAS MÃES

Toda dia é “Dia das Mães” – pena que a Dona Nely não está mais entre nós. Bem cedinho, fiz as minhas orações e, passei todo o dia pensando nela, além das minhas avós (Maria e Lidia) e da minha ex-sogra, a Dona Maria, todas estão também no andar de cima. A mãezinha veio do interior ainda muito jovem – conheceu um nordestino com quem teve uma filha, a Kelva. Depois, casou com o meu pai Rocha, tiveram quatro filhos, Rocha Filho, Graciete, Henrique e eu - tivemos uma boa infância, recebemos todo o carinho e educação por parte da nossa mãe. Os meus filhos ainda hoje se lembram dela, pois ela fazia questão de fazer uma comidinha gostosa para eles todos os finais de semana. Infelizmente, essa doença Diabetes o acometeu severamente - ele sofreu muito, pois teve que amputar uma parte da perna e também ficou cega. Não tenho muito que comemorar hoje, porém, oro todos os dias pensando nela, pois todo dia é dias das mães.
Postar um comentário