quinta-feira, 9 de abril de 2015

HAJA DATA COMEMORATIVA EM MANAUS


O vereador Arlindo Junior (PROS) está sendo bombardeado por várias pessoas, pois acham uma atitude homofóbica o seu projeto de criação do “Dia do Heterossexual” e da “Marcha do Hétero em Manaus” - isso mostra o quanto o edis barés estão equivocados com relação as suas reais funções.

No meu entender, os vereadores deveriam cumprir as suas funções para as quais foram eleitos pelo povo: discutir as questões locais e fiscalizar o ato do Executivo Municipal (Prefeito) com relação à administração e gastos do orçamento. Eles devem trabalhar em função da melhoria da qualidade de vida da população, elaborando leis, recebendo o povo, atendendo às reivindicações, desempenhando a função de mediador entre os habitantes e o prefeito.

Para os senhores terem uma ideia da aberração que eles comentem, somente no ano passado, foram criados 51 projetos de lei que criam datas comemorativas no Calendário Oficial do Município, a maioria é de aniversários de bairros, conscientização à saúde e dias de profissionais.

Aniversários: Nova Cidade, Lírio do Vale, Compensa e Presidente Vargas (Matinha), Reveillon do Amarelinho (Educandos), além de já constar os bairros Alvorada, Educandos, São Jorge e Vila da Prata, bem como, o Dia da Reorganização do Centro Histórico de Manaus.

Saúde: Semanas de Apoio aos Portadores de Alzheimer e Parkinson; Prevenção da Mulher Contra o Alcoolismo e Novembro Azul – em andamento: Mês de Combate ao Câncer de Próstata. Já constam: Agosto Dourado (aleitamento materno); Dia do Tratamento da Fibromialgia; Dia de Combate à Automedicação; Dia de Combate ao Câncer Bucal; Dia de Combate à Dependência do Crack e Semana de Prevenção a Queimaduras.

Profissões: Dia do Profissional Gráfico; Corretor de Imóveis; Transportador Escolar; Ouvidor e Colunista Social; Semana do Agricultor, Dia do Jornalista Esportivo e Dia da Arquitetura e Urbanismo.

Demais Datas: Festa das Luzes – Chanuká (judaico); Semana Municipal da Agricultura Familiar; Dia da Consciência Humana e a Semana da Família.


Não sou contra essas datas, mas, os vereadores deveriam trabalhar mais na fiscalização do prefeito e nas discussões sobre a cidade.

Caso os nobres vereadores fossem abrir espaços na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMN) para comentar ou comemorar cada dia ou semana comemorativa criada por eles mesmos, não haveria tempo para discutir as questões locais, e, muito menos, fiscalizar o prefeito. É isso ai.
Postar um comentário