domingo, 1 de dezembro de 2013

VISITA A SÉTIMA FEIRA INTERNACIONAL DA AMAZÔNIA


Em decorrência de ter trabalhado por cinco anos no Pólo Industrial de Manaus e, por décadas no comércio varejista de importados da Zona Franca de Manaus, sempre gostei de visitar as exposições que misturam a produção de produtos de ponta com os regionais, principalmente, da FIAM que já está na sua sétima edição.



O governo federal através do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior por meio da SUFRAMA, realizaram o evento nos dias 27 e 30 de novembro, no Studio 5 Centro de Convenções e, teve com slogan “Passe para o futuro” - o “passe” um termo do futebol, com alusão a Copa de 2014 onde Manaus será uma das suas sedes e, o “futuro” com relação a prorrogação por mais de 50 anos da ZFM, o que requer uma preparação de todos os atores para o cenário futuro.



Em quatro dias foram realizado uma série de exposições, palestras, fóruns e apresentações de produtos, conhecimentos e serviços da nossa Amazônia para todo o mundo.



Estive lá na sexta-feira, passei pelo Pavilhão Central, onde estavam 300 expositores, com a grande maioria do PIM, tive a oportunidades de reencontrar vários amigos, todos eles professores da UFAM, diretores de órgãos públicos e pesquisadores.



Fiquei encantado com o stand do INPA, onde mostraram dezenas de empresas “incubadoras” (estão sob a supervisão desse órgão federal), com o desenvolvimento de produtos regionais, além de processos/sistemas/serviços de qualidade superior – conversei com um professor que virou empresário, ele fornece serviços para a PETROBRAS na área do pré-sal.  


Fui convidado pelos meus amigos Norberto e Gaia, funcionários graduados da SUFRAMA, para visitar o stand dessa autarquia, onde tive a oportunidade de conhecer outras pessoas e, rever alguns servidores (trabalhei muitos anos prestando serviços na área de comércio exterior, em decorrência disso, sempre estava na SUFRAMA onde tornei amigo de muitos deles).


Passei rapidinho pelo Pavilhão Plenária, onde contavam com exposição do Governo do Amazonas e participação de ministérios e representantes ministeriais, além de empresas de consultoria - conversei com o meu amigo Ézio, ele é Diretor da Secretária de Planejamento do Estado do Amazonas.


Na parte externa foi montado o Pavilhão Amazônia, destinado a comercialização de produtos com matéria-prima da amazônica – encontrei com a minha amiga Socorro Papoula (servidora da Secretária de Trabalho e Ação Social do Amazonas). O nosso artesanato chegou a um nível máximo de perfeição, fiquei boquiaberto com a criatividade do nosso povo – na área de lanche e bar, tive a oportunidade de ouvir o cantar da nossa caboquinha Lucinha Cabral.




Pena que foram apenas quatro dias, mas, valeu a pena ter visitado essa exposição – no próximo ano tem mais, convido a todos participarem. É isso ai.

Observação: as fotografias foram tiradas do meu celular e, não possuem uma qualidade de imagem superior.








Postar um comentário