domingo, 6 de outubro de 2013

PUBLIQUEI NO FACEBOOK


Faço algumas postagens no Facebook (escrevo mais informai, sai até palavrão), algumas pequenas, outras médias e, todas as que publico no Blogspot – reuni as últimas do primeiro, para que os nossos leitores do segundo, possam também acompanhar.

1.      Eu sei que será muito cara, mas, o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus, poderiam muito bem fazer, em conjunto com a Manaus Energia, a distribuição de energia, no centro antigo de Manaus, substituindo a aérea (postes) pelo do tipo subterrânea (com cabos ou fios localizados sob o solo, dentro de dutos), pois não adianta muito retirar aquelas placas feias de frente das lojas, permanecendo a fiação antiga. Você já pensou em ver todos aquelas bonitos prédios da "bele époque" todos revitalizados, sem fios atrapalhando? Manaus seria outra, com certeza!. Diga lá Sebastião Assante você é um dos defensores dessa mudança!

2.      EU SOU É MENGO! – Pois é, a segunda maior torcida está Manaus, perdendo apenas para o Rio – após a realização da Copa do Mundo em 2014, a Arena da Amazônia não ficará ociosa, caso os cartolas acertem um jogo oficial do Mengo todo mês. É isso mesmo, pode vender até 100 paus o ingresso que a casa será cheia. Um amigo gosta de sacanear com o seu neto – aos sábados, ele convida o moleque para irem ao Amazonas Shopping, com direito a tudo o que ele quiser, mas, deve vestir a camisa do Vasco da Gama – na volta, o menino de apenas 5 anos de idade, tira a camisa joga no avô e diz: Eu sou é Mengo, otário! O meu netinho de 4 anos incompletos já é Mengão também! Na realidade, eu gosto dos meus times de Manaus: São Raimundo, Nacional e Fast Clube, mas, estão mais por baixo do que sandália rasteirinha!

3.      BUSÃO LINHA 640 – Tente pegar esse busão, ele sai do Terminal 4, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste, passa pela Cidade Nova, na Zona Norte e, pelos corredores da Avenida Constantino Nery até o Centro antigo de Manaus - com duas horas e meio de ida e volta – Para se ter uma ideia, um caboco que faz o check in no Aeroporto Eduardo Gomes, entra no avião e ruma para a cidade de Belém do Pará, chega no Aeroporto Val-de-Cans depois de uma hora e cinquenta minutos, bem antes do busão 640!
Pois bem, um dia desses encarei a fera, estava lotada até o bico, com aproximadamente 200 pessoas. Lá dentro tinha uma dupla sertaneja, pena que não levei o meu auricular, o meu ouvido serviu de penico – mais a frente, entrou um falso protestante, ele é manjado pela galera, mas, mesmo assim, soltou o verbo, falou tanta lorota que deu vontade de vomitar, ele usa a palavra de Deus para tirar grana dos otários, sempre diz que o dinheiro é para as despesas com ida e volta para as cidades do interior, onde levará a palavra do Senhor - o cara nunca viaja, sempre está dentro do busão!
Depois de quase uma hora, entra um vendedor de bombons: - Bom dia senhoras, senhores, jovens e crianças – desculpe se estou perturbando, mas, esse é o meu trabalho no momento, é melhor do que roubar! Esse saquinho que deixei com vocês é o legitimo bombom de mangarataia, aquele que é bom para o hanhanhanhanha da sua garganta – leva apenas por dois real! Obrigado por aquelas que compraram e para aqueles que não compraram também! Fiquem com Deus!
Depois, entra vendedor de água mineral, pedinte surdo-mudo, bebum falando alto, DJ de busão e, nada de chegar ao centro! Eu, hein! 

4.      25 ANOS DA NOSSA CONSTITUIÇÃO
Pois é, passaram-se 25 anos e, ainda não foi regulamentado o Imposto Sobre Grandes Fortunas (IGF), constante do Artigo 153 CF/88. Pois é, está fora um universo de cinco mil famílias que possuem um patrimônio equivalente a 40 por cento do PIB, ou seja, pouquíssimas pessoas são donas de quase a metade de tudo o que é produzido no nosso país. Aliás, o país das desigualdades, onde poucos, muitos poucos, são ricos e, muitas, muitas pessoas, são pobres! Os nossos representantes na verdade, representam os ricos em seus interesses, ou seja, não regulamentam de forma alguma esse artigo, pois os ricos querem e ficam cada vez mais ricos e, não interessa repartir essa riqueza em forma de imposto! Os ricaços norte-americanos e europeus, quando ficam velhinhos, rodam o mundo distribuindo sua riqueza, enquanto no Brasil, os Eike Batista da vida, não estão nem ai para os pobres!

5.      MEU ALMOÇO BÁSICO: Filezinho de Pirarucu, acompanhado de arroz com verduras e farinha do uarini. Huumm! Bom! Na realidade, quero apenas deixar com água na boca e com saudades dos nossos peixes, a minha amiga amazonense, que mora no Rio de Janeiro, a Fernanda Rodrigues Da Silva Bringel!

6.      Para as mulheres, existe o Outubro Rosa, para a conscientização dos exames de mama. Para os homens, sugiro o Novembro Marrom, para a conscientização dos exames de toque retal (próstata).

7.      A PORTA COLONIAL E A TARTARUGA
Tenho um amigo, conhecido por "Maozinha", ele é marceneiro de alta qualidade, mas, por um descuido, a serra passou na sua mão direita, cortando três dedos. Certa vez, uma dondoca que mora numa mansão do Conjunto D. PedroII, fez um pedido de uma porta no estilo colonial - num sábado, ele foi levar a dita cuja, no mesmo instante, passou por lá um sujeito vendendo uma tartaruga grande, estava escondida dentro de uma caixa de papelão. Não deu outra: a FDP resolveu dar o valor da porta na compra da "bicho de casco", alegando que, uns familiares de fora vinham visitá-la e pediram uma "tartarugada" e ela não poderia perder aquela oportunidade de comprar uma. Ele argumentou que trabalhou "prá caralho" e que aquela porta iria durar para a vida inteira, enquanto a "tartuga" duraria apenas um final de semana. Mesmo assim, ela não voltou atrás! O Maozinha respirou fundo e mandou a velha para "A Puta que o Pariu", botou a porta no ombro e voltou desolado para casa. Uma semana depois, o marido da velha ligou, pedindo para ele levar de volta a porta. Ele falou: - Agora, a porta vale mil reais, o preço normal e mais o de uma tartaruga! A velha teve que entrar com a metade. Pega véia escrota!

8.      É considerada idosa a pessoa que tem idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos. A família, a comunidade e o Poder Público têm o dever de garantir ao idoso, com absoluta prioridade, os direitos assegurados à pessoa humana. Entende-se por garantia à prioridade:

a preferência na formulação de políticas sociais;
o privilégio para os idosos na destinação de recursos públicos;
a viabilização de formas eficazes de convívio, ocupação e participação dos mais jovens com os idosos;
a prioridade no atendimento público e privado
a manutenção do idoso com a sua própria família;
o estabelecimento de mecanismos que esclareçam à população o que é o envelhecimento.

Poxa, logo no Dia do Idoso, o local onde eles se reúnem está uma lástima, pois com o vendaval de ontem, destruiu parte do Parque dos Idosos e grande parte do Asilo de Mendicidade - quem tem grana, bem que poderia ajudar na reconstrução daquele lugar, pois ninguém sabe o dia de amanhã - vai que um dia, o jovem de hoje, precise morar lá!

9.      Chegou a grama para a Arena da Amazônia. Veio do interior de São Paulo e, mais uma vez não respeitaram as nossa características (clima e solo). Por que não compraram as gramas cultivadas no município de Presidente Figueiredo? Sacanagem!

10.     A empresa responsável pelo plantio é a Greeleaf e, escolheu a grama tipo Bermuda 419, certificada pela Universidade de Georgia (USA) e, dizem, que ela é a ideal para o clima amazônico e resiste ao pisoteio. Só se as mudas foram cultivas em estufas! Segundo o Eduardo Monteiro de Paula, este tipo de grama suporta apenas um jogo por semana! Quanto ao preço, não encontrei nada na internet, mas, com certeza, deve ser bastante cara, pois o nosso Estado é rico, pode pagar muita grana, não importa - depois, pode ficar abandonado, não interessa mais. Vocês leram uma matéria sobre as faculdades da UEA? Pois é, todas estão um lixo, faltando tudo, mas, o governador vai construir a Cidade Universitária da UEA, grana não falta para obras faraônicas!

11.    Hoje, primeiro de Outubro, faltam 84 dias para o Natal, no entanto, algumas empresas comerciais já estão veiculando comerciais de venda de produtos natalinos! Égua! Sai prá lá!

12.    O Manuara Shopping e o Ponta Negra, foram duas "obras" feitas na marra, com entrega recorde, tudo na afã de faturar logo com o estacionamento, pois rende mais do que o aluguel. Agora, vira e mexe, começam a aparecer os problemas estruturais.

13.    Um cara me perguntou: Rocha, qual foi a última novela da Globo que você assistiu? Respondi: Irmãos Coragem, em preto e branco! Na realidade, não costumo mais assistir a programas de tv´s abertas, com exceção do Amazon Sat e TV Brasil, o resto está a maior fuleiragem! Comprei uma TV e quase não a utilizo como Tv, mas, como monitor, conecto com um cabo HDMI com o meu notebook e, curto filmes e documentários do Youtube ou de DVD´s piratão.

14.    É POR ESSAS E POR OUTRAS QUE O MEU VOTO SERÁ NULO EM 2014
Uma das promessas da Presidenta Dilma, em Manaus, foi estender os benefícios da Zona Franca de Manaus para a Região Metropolitana de Manaus (Iranduba, Novo Airão, Careiro de Várzea, Rio Preto da Eva, Itacoatiara, Presidente Figueiredo e Manacapuru), o projeto está bastante tempo engavetado no Congresso Nacional e, por um “cochilo” da bancada do Amazonas, o Dep. Federal João Magalhães (PMDB-MG) deu parecer contrário ao PL no. 2.633/2011, depois da mancada, os nossos parlamentares entraram com um recurso junto à Mesa Diretora para que o Plenário da Câmara reveja a decisão. Pois é, dormiram, novamente, no ponto.

A PEC da música (no. 123/2011) foi aprovada no Senado, contando com o apoio de toda a região Norte (exceção do Amazonas, é claro!) – esta votação prejudica as indústrias do PIM e beneficiam as de São Paulo e do Rio de Janeiro – os senadores dos Estados do Norte, mesmo tendo os benefícios da SUFRAMA, foram contra o nosso Estado. Sabe por quê? Grana! Isso mesmo, toda a arrecadação da SUFRAMA está contingenciada, ou seja, vai para a União e não pode ser investida nos Estados. Quando esta autarquia tinha poder, todos os governadores e Senadores ficavam babando pela grana e votavam sempre a favor do nosso modelo de desenvolvimento.

O Senador Renan Calheiros, Presidente do Senado Federal, comprou uma mansão por dois milhões de reais, porém, ela vale três milhões (presume-se que um milhão foi pago por baixo dos panos) – ele deu uma boa entrada e financiou o restante (será que foi no programa "MInha Casa, Minha Vida?). Está sendo investigado pelo MPF por não ter renda adequada a essa patrimônio.

O Subsecretário de Educação do Município de Manaus, o Deuzamir Pereira, declarou que existe um esquema nos alugueis de prédios escolares (vinte e nove milhões de reais), foi uma declaração para o bem das finanças do nosso município, mas, foi exonerado. Existe uma CPI em formação na CMM para investigar tudo isso - não sei vai passar, pois a maioria é a favor do que o Prefeito quer e do que é determinado.

O fundo de aposentadoria dos servidores municipais foi manipulado na administração do Sr. Amazonino Mendes – as aplicações financeiras provocaram prejuízos de cinqüenta e cinco milhões de reais.

O vice-governador, o José Melo, justificou a sua saída do PMDB por justa causa: “O PMDB é uma dinastia, fazem parte do partido no Amazonas a esposa, filha, sobrinhos e fiéis amigos do Senador Eduardo Braga. Ele decide as candidaturas, todos estão sob o seu domínio. Ele me tratou com a arrogância que lhe é peculiar”. E agora, Melo?

O Desembargador Sabino Marques sugeriu que a Arena da Amazônia sirva de centro de triagem de detentos. Sabe por quê? Presos não dão voto, isso mesmo, o governo prefere construir obras de milhões e milhões de reais do que investir em presídios decentes.

O Deputado cassado Antônio Cordeiro, foi condenado a 36 anos de prisão – segundo o seu primo, o Altamir Barroso Cordeiro “Ele foi usado pelos políticos, não de forma ingênua, mas foi usado e, quando percebeu, estava só. Quero que ele viva para contar a história. Existem, verdades para serem ditas. É muita culpa para uma pessoa só”. Um amigo do Cordeirinho deu a seguinte declaração: “O ex-deputado pagou um preço alto por causa da personalidade, vivia muito bem, mas sempre foi uma pessoa muita extrovertida, falante, e apresentava ter muito mais do que tinha, isso foi um erro grave na vida dele – hoje, vive uma vida franciscana”. Para quem não sabe, foi 500 milhões o valor das licitações fraudadas pelos envolvidos na Operação Albatroz da PF. Muitos ricaços que estão ai numa boa, rindo da nossa cara - comeram muita grana e estão soltos. O Cordeirinho serviu de bode expiatório!

Fonte: Jornal "A Crítica"

15.    No início da administração municipal, fui convidado pelo então Secretário de Cultura, o Sebastião Assante para assistir a um exelente projeto cultural que acontecia toda quinta-feira na Rua Bernardo Ramos - tive o privilégio de entrar na primeira casa de Manaus (ainda de pé), era um boteco, parece que o nome era Bar Guarany - tempo depois, foi fechado para recuperação, foram mais de oito anos. Minha Santa Genoveva! Que absurdo, uma casinha de taipa, levar tanto para ser revitalizada! Mas, o Arthur Artur Neto chegou e mandou entregar ao povo! Os números 69 e 77 da Rua Bernardo Ramos, no Centro de Manaus, são os endereços das duas casas mais antigas da cidade e que ainda existem. Elas passam por obra de restauro e serão usadas como restaurante, bar e residência depois da reforma. Datadas de 1819, as casas em estilo colonial serão reabertas no primeiro semestre de 2014, garantiu a Fundação Municipal de Cultura e Artes (Manauscult)".


É isso ai.
Postar um comentário