quarta-feira, 2 de abril de 2008

Usina Chaminé - Dia da Cultura




Como parte das ações do programa de preservação da memória e história do Amazonas, o espaço tem por objetivo central despertar na comunidade uma manifestação artística vanguardista, que fuja dos conceitos e formas já apresentadas, sem desprezar as manifestações artísticas tradicionais, onde o observador vislumbrará o “novo” e o “tradicional” em linhas paralelas, tendo a possibilidade de confrontá-los, formando seu próprio conceito de arte.

Com características neo-renascentistas, o prédio possui, ao lado direito, uma chaminé de 24 metros, construída com tijolos compactos refratários, coroada por um chapeló em ferro moldado. Por isso, ficou conhecido como Chaminé.

Tombado como Monumentos Histórico do Estado do Amazonas em 1988, a edificação foi reformada em 1993 como Centro de Artes Chaminé para abrigar a Pinacoteca do Estado, com exposição temporárias, tendo suas atividades suspensas em 1997, em razão de laudo técnico de especialistas, pelo alto grau de poluição e risco, e pelas obras urbanas realizadas naquela área. Restaurado e com novas funções, reabriu em 2002.

Apresenta exposições, espetáculos teatrais, filme, consertos de música, apresentações de dança.

Outras Informações sobre:

Funcionamento:
Terça a sexta, 9h às 17h / Sábado e domingo, 17h às 20h.
Endereço: Avenida Lourenço Braga, Manaus Moderna - Centro
Telefones: (92) 633 3026
Postar um comentário