quarta-feira, 11 de novembro de 2015

XINAIKIANDO – 0 POVO SOFRENDO E, O XINAIK, ROUBANDO!


O prefeito do município de Iranduba (AM), pertencente a Regiao Metropolitana de Manaus, o senhor Xinaik Silva de Medeiros (PTB), foi preso na “Operação Cauxi” (nesse caso, pega e não quer largar, o dinheiro, é claro), deflagrada pelo Ministério Publico Estadual, Secretaria de Segurança Publica e Controladoria Geral da República, por suspeitas de desvios bilionários de verbas públicas.

Ele era um homem simples, um produtor agropecuário, plantava cebolinhas na várzea de Iranduba e, exercia a profissão de mototaxista, quando o Rio Solimões, na cheia, invadia as plantações ribeirinhas.

Tinha inclinação política, era um trabalhador bom de papo, filiando-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (criando em 1945, sob a inspiração do Getúlio Vargas) – disputando a prefeitura de Iranduba, em 2012, tendo como vice na chapa, a Maria de Madalena de Jesus Souza (PTB) e, tinha como coligação “ESSA É A HORA E A VEZ DO POVO”, na realidade, foi a hora e a vez de ficar rico!

Os eleitores foram na sua conversa fiada, pois estavam cansados dos políticos profissionais, dando apoio total aos “projetos” do homem simples da várzea.

Eleito prefeito, deixou para trás as cebolinhas e a moto velha - começou a provar o Bacalhau, esquecendo-se de vez do Jaraqui – o homem comeu e se lambuzou!

Em três anos de governo, o povo começou a sentir que o prefeito apresentava sinais de riqueza, enquanto o município, mais abandonado ficava:

Obras inacabadas;
Postos de saúde sem medicamentos (nem uma Dipirona);
Ruas tomadas por lixo;
Escolas Sucateadas (roubaram até a merenda escolar!);
A lista é longa...

O menino Estevão Andrade, de apenas doze anos de idade, morador do Ramal do Caldeirão, compôs uma música que ficou famosa nas redes socias: https://www.youtube.com/watch?v=sQ7AR45xnpE - foi parar no Programa do Gugu, ficando famoso e, abrindo "os olhos" do Ministério Público do Amazonas.

Segundo o Dr. Fábio Monteiro, Procurador-Chefe do MPE, nas ligações interceptadas (com a autorização judicial), o grupo criminoso estava programando uma viagem pela Europa – um deles, ligou para uma agência de turismo e rindo, falou que o dólar aos cinco reais era muito barato! Pelo visto, irão passar as férias na cadeia de Manaus!

Para termos uma ideia, o orçamento anual do município de Iranduba é estimado em 58 milhões – em três anos, o prefeito e seus comparsas (secretários municipais, servidores municipais, parentes e empresários) conseguiram roubar um ano de orçamento! Putum Que Los Parium (em latim)!

Exemplos:
Uma funerária contratada pela prefeitura recebeu quatro milhões de reais e, não entregou um caixão, sequer!;
Quem ganhava as licitações (sempre direcionadas) eram as empresas que pertenciam aos secretários municipais, que estavam em nome de laranjas;
A lista é longa...

Quando vazou a informação (até então sigilosa) que seria preso, o prefeito quando antes andava de mototáxi, pegou o seu carrão e, ligou de orelhão (pois sabia que o seu celular estava grampeado pelos homens da lei) para um advogado “dos bons” de Manaus, para pegar toda a orientação jurídica para “sair numa boa dessa enrolada”.

O prefeito se apresentou, falou e disse que, tudo era mentira e que tudo era armação dos seus adversários políticos (papo sempre utilizado por todos eles) – mal ele sabia que o MPE ficou na cola dele por seis meses, tendo provas substanciais que serão difíceis de serem derrubadas pelos advogados mais experientes e famosos!


O prefeito afastado falou para os mais íntimos, porém, foi vazado para a imprensa que não tinha medo de dormir preso na mesma cela do Adail (ex-prefeito de Coari), pois o homem gosta mesmo é de advogado (uma alusão a um advogado que declarou que foi estuprado pelo homem), mas,por vias das dúvidas, iria dormir com a bunda colada na parede! Adail Manicão, o home não é mole, não!

Uma observação: fiz esta postagem por considerar Iranduba a minha segunda cidade, pois tenho o maior carinho e respeito pelos moradores daquele município, principalmente, do Ramal do Caldeirão e da Vila de Paricatuba. É isso ai.
Postar um comentário