quinta-feira, 5 de novembro de 2015

SECOS & MOLHADOS


CHUVA EM MANAUS
São Pedro começou a chutar os barris. Prenúncio de chuva. Dizem que vai cair 19mm de água! Previsão não é precisão, mas, chovendo o suficiente, será de bom tamanho para os homens e mulheres do bem e para a natureza!

HAJA FULEIRAGEM
O Deputado Estadual Wanderley Dallas (PMDB) apresentou um projeto para votação na ALE-AM, reconhecendo as festas do Peão Boiadeiro e do Tucunaré, como patrimônio cultural e imaterial para o Amazonas. Ai começou a fuleiragem: os deputados falaram o seguinte: “Parintins, por exemplo, não pode ser incluído nisso, porque lá temos boi e bodó” -“Vou apresentar o projeto tutti-frutti” – “Tem um colega aqui que apresentou um projeto da festa do repolho, do maxixe e do quiabo”. O autor do projeto, muito puto da vida, deu o troco “Muitas pessoas vêm aqui para fazer gracinha, mas são esses mesmos que depois vão para o interior pedir votos do caboclo”.
Na Comissão de Mudanças Climáticas do Senado Federal, o Senador Ronaldo Caiado (DEM), estava bravo com o processo de venda da CELG (Centrais Elétricas de Goiás) e, começou a questionar o Ministro das Minas Energias, o paraense Eduardo Braga. Este falou “Vossa Excelência é um desequilibrado”. O outro deu o troco “Bandido! Safado!”. O Dudu “Respeite-me! Vossa Excelência é que é bandido e safado!”. Caiado “Se ele quiser se retratar do desequilibrado, vou me retratar do restante”.

REVOLTA PELO AUMENTO ABUSIVO DA ENERGIA
Na Zona Leste, um cara escreveu no muro, o seguinte: “Aumento de 38,8% na tarifa da energia elétrica é um roubo. Sendo assim, vou fazer um “gato” lá em casa, pois roubar de quem está roubando a agente não é crime”.

DIA DOS FINADOS
Eu tinha dois amigos que moraram na Rua Tapajós (eles já se foram para o andar de cima), gostavam muito de pinga. Certa vez, tomaram todas e, resolveram ir até o Cemitério São João Batista, para limpar a sepultura do pai de um deles. Tiraram todo o mato, tamparam um formigueiro, pitaram, refizeram um banquinho e tudo o mais. Ai o cara começou a chorar alto, foi quando apareceu uma senhora e perguntou: Por que você está chorando? Pelo meu pai que ai enterrado! Teu pai? Esse ai era o meu marido, era um negão de dois metros de comprimento, enquanto você é um baixinho, branco e dos olhos azuis! Um olhou para o outro e falaram "Erramos de sepultura!" O que estava chorando, disse "Vamos procurar a certa e começar tudo de novo!" O outro "Tu é leso, abestalhado"!

PARA RELAXAR
Ontem, sábado, vinha pelo bairro do Japiim, quando avistei uma placa num posto de gasolina “Promoção: Gasolina R$ 3,71” - mandei arrochar, coloquei vários reais, pois achava que estava economizando. Ao chegar à Avenida das Torres, tinha um posto BR até o bico de carros, com a gasosa de R$ 3,599. Caramba! Um pouco mais acima, encontrei outro posto da Atem, com a gasoline apenas de R$ 3,40! Caraio! Até chegar em casa não olhava mais para nenhum posto de gasolina! Outro dia, passei pela Grande Circular, na zona leste, tinha um posto BR com uma placa: Promoção: Gasolina R$ 3,85! Tu é leso, abestalhado! Eu, hein!

O ANIBAL É BOM A BEÇA
Certa vez, estava na companhia do meu pai e do meu irmão, participando de um almoço, patrocinado pelo Edu do Banjo, no Lá Barca, quando o poeta Aníbal Beca, apareceu e, ofereceu o seu CD ao meu velho. Ele adorou. Ficou marcado para o todo e sempre!

PÉ DE VIDEIRA
Cara, comprei umas uvas no meu bairro e, lembrando dos tempos em que as crianças plantavam feijão em algodão com água, fiz a mesma coisa com quatro semente. Detalhe: deixei um cacho de uvas antes no congelador. Pois bem, uma semente brotou. Coloquei terra própria para semeadura - a planta está vingando! Vou esperar um tempo e, fazer uma postagem contando uma história da minha infância sobre uma videira da família Cruz (Donos da Fábrica Magistral), que ficava na esquina da Avenida Joaquim Nabuco e Rua Huascar de Figueiredo - farei um comparativo com a minha pequena videira. Aguardem!

MÁRIO GUERREIRO
Domingo passado li uma entrevista do empresário Mário Guerreiro para um jornal local - o velho guerreiro está com 95 anos de idade e ainda comanda três empresas (Brasiljuta, Mavel e outra).
O repórter perguntou:
O senhor acha que o povo se tornou menos patriota? Por quê?
Respondeu:
Acho que sim, e isso acontece pela falta de conhecimento do que é ser cidadão. O cidadão tem que conhecer seu País e a pátria que vive, para ele poder fazer uma pátria justa e perfeita, capaz de transferir pra novas gerações. A pátria precisa ser olhada como a própria imagem de Deus. Você vive de duas coisas: da pátria que você nasce e cresce, e daquilo que você acredita.
Olha, eu pensava que já estava velho, mas, esse senhor quase centenário deu uma aula e fez-me sentir ainda jovem!

BEBUM
Para tudo tem um jeito, menos para a morte! Pois é, o carro velho pode ser restaurado: lanternagem, pintura, bancos, fiação elétrica, motor, caixa de máquina e tudo o mais, vai voltar a ser bonito, ficar na moda, voltar a potência, desejado (vai valer uma fortuna) e continuar bebendo! O velho pinta o cabelo, vai para a academia, toma viagra e guaraná em pó para turbinar, gasta a grana da poupança e ainda, bebe!

Postar um comentário