sábado, 27 de setembro de 2014

SECOS & MOLHADOS

A PROPAGANDA ELEITORAL É GRATUITA MESMO?
Nem o almoço é de graça, alguém tem que pagar a conta de alguma forma! Pois é, mano velho, esse negócio de propaganda gratuita é conversa para boi dormir! É isso mesmo, o povo tem que aguentar as balelas dos políticos e ainda vai pagar a conta! O negócio é o seguinte: ninguém é dono de uma emissora de TV ou rádio, pois é um bem publico e finito - por exemplo, um mineiro chamado Arancadente detém a concessão de uma rede de comunicação aberta e, através do Projeto de Lei Orçamentária Anual, ele é obrigado a veicular a propaganda eleitoral no período de 19 de agosto a 24 de outubro, no entanto, o camarada vai receber essa grana na forma de incentivo fiscal, pois o governo federal considera esse horário como “direito à cidadania”, ou seja, deixa de arrecadar os tributos, os políticos não pagam nada, o povo é emprenhado pelos ouvidos e, o “fio de uma égua” do empresário vai restituir tudinho, abatendo nos impostos que deveria recolher normalmente. Para ter uma ideia, a previsão para esse ano é na ordem de R$ 839 milhões de renuncia fiscal! Os fundos destinados as Crianças, Adolescentes e Idosos, chegam a R$ 380 milhões em 2014, nem beira aos 50% dos valores da “Campanha Eleitoral Gratuita”! Sacanagem!

BRASILEIROS BILIONÁRIOS - Os caras possuem fortunas avaliadas em bilhões dólares, de acordo com a revista Forbes. O primeiro, terceiro e sétimo lugares são do ramo de bebidas, um negócio que dá muito retorno, pois o brasileiro bebe que não é brincadeira! O Segundo lugar, fica com um banqueiro, um agiota legalizado que empresta a juros altíssimos e ganha muito grana, pois a maioria dos brasileiros vivem endividados! O quarto, quinto e sexto colocados dominam a mídia nacional, com um faturamento colossal, pois o brasileiro gosta de novelas, jornais sensacionistas e assistir a um futebol!

BOIS DE PARINTINS NA POLÍTICA - O parintinense Chico da Silva (PV), compositor dos Bois de Parintins, é candidato a Deputado Estadual, possui como mote “Compondo com a Política”. Não sei quais as chances dele ganhar, mas, caso chegue lá, espero que tenha uma atuação mais efetiva com relação a cultura do nosso Estado. O seu conterrâneo, o Tony Medeiros (PSL), um dos membros do Boi Garantido, ficou devendo um desempenho melhor e, o outro, representante do Caprichoso, o Vereador Arlindo Júnior (PROS), ficou apagado na Câmara, além do Ministério Público estar no seu pé por má administração na ManausCult.


SEM FILAS - Um candidato ao cargo de governador do Amazonas, mandou colocar umas placas pela cidade, contendo a foto do camarada, o seu numero e o seguinte resumo do seu projeto político “SAÚDE SEM FILAS”. Já vi esse filme antes, pois esse mesmo caboco já governou o nosso Estado por oito anos e, tentou implantar esse sistema, alardeando por todos os cantos que os pacientes deveriam ligar para um numero tal, marcar a sua consulta, exame e até operação, tudo bem fácil e desburocratizado. Não deu certo, pois era muito difícil ser atendido pela telefonista e, quando conseguia falar, não existiam vagas! O povo voltou a procurar os postos de saúde as quatro de manhã, como ainda é feito até hoje! Chega de enganação! Saúde sem filas é...! É isso mesmo que você está pensando!

ANIVERSÁRIO DO BLOGUEIRO - Recebi bolos virtuais do Google, desejo compartilhar com todos vocês! No dia 12 de Setembro, fui comemorar o meu aniversário no Bar Caldeira "Oficial", onde tive a grata satisfação de ouvir cantar a Isabel Vegas, Fátima Silva,Lucilene Castro e a Kátia Maria, recebi os abraços dos amigos: Zé Luiz GonzagaJoana Telu Sampaio D'antonaCarbajal GomesCarla Conorí,José Roberto Pinheiro PinheiroMaria Altamira SouzaEridan Miranda NascimentoJumara WhitakerOlinda Telles. iJersey Nazareno Trindade,Paulo Roberto Alves SilvaGraca SilvaRose PintoHeloisa Maria Braga Cardoso da Silva, Jose José Rocha MartinsCelestina Maria, e toda a Nação Caldeirense! Muito obrigado, mesmo!

TÔ LISO!
Lembrei-me das aberturas do "Peladão" (Campeonato de Peladas) de muitos anos atrás, quando era realizado na Avenida Eduardo Ribeiro. Eu não estava nem ai para os times, o negócio era apreciar as rainhas desfilhando "quase peladas" e tirar onda. 
Num certo ano, estava no palanque das autoridades o então Governador Gilberto Mestrinho e o poderoso dono do Jornal “A Crítica”, o Humberto Calderaro Filho – eu estava em companhia de uma galera do Igarapé de Manaus e, ficamos numa arquibancada de madeira, bem frente as autoridades. Dei corda para o Totonho, um colega que tomava todas:
- Totonho, num intervalo da apresentação dos times, vai até o meio da rua e grita: Governador, paga uma gelada! . Se tu fizeres isso, pago “uma cheia” (uma garrafa de cachaça). 
Dito e feito! O Totonho largou o verbo! O governador na maior cara dura, respondeu: 
- Tô liso!.
Ai o Totonho mandou chumbo grosso:
- Se o governador está liso, imagina eu!
Todo mundo caiu na gargalhada, incluindo a comitiva de baba-ovos que estavam no palanque.
O Calderaro chamou o Totonho em particular e colocou uma nota máxima no seu bolso. Ao voltar, falei:
- Totonho tá aqui a grana da cachaça!”. Ele respondeu:
- Não precisa não, pois ganhei grana para comprar uma grade de cerveja, tô numa boa e o governador liso! Pode?

Postar um comentário