segunda-feira, 1 de julho de 2013

BAR CASTELINHO DE MANAUS

Ficava na cabeceira da Avenida Eduardo Ribeiro, bem em frente ao Ideal Clube (antigo clube dos bacanas de Manaus) – o casarão é antigo, datado de 1911, deve ter pertencido a algum rico seringalista ou A um comerciante, da época em que se queimava a nota de maior valor para acender um charuto - pois foi construído em estilo colonial, com um porão e dois pavimentos com sacadas.

O Bar Castelinho ficava na parte térrea, um local preferido pelos roqueiros, motociclistas, artistas e moradores do centro da cidade – no interior do bar, a trilha sonora ficava a cargo de uma máquina de “jukebox”, onde a galera detonava o melhor do rock, embalada com muitas cervejas de “litrão” e, alguns, mandavam ver uma canábis, para variar.

O prédio ficou abandonado por muitos anos pelo proprietário, com o bar do tipo “pé sujo”, ornado com paredes com infiltrações, vazamentos e banheiros detonados, mesmo assim, era o “point” da negada nos finais de semana, tanto que os frequentadores criaram uma comunidade no finado “Orkut” e montaram uma página no “Blogspot” para publicar fotos, fatos e fofocas dos eventos que rolavam por lá.


Ficou tão detonado que, o Departamento de vigilância Sanitária da Prefeitura de Manaus (Dvisa) e o Corpo de Bombeiros do Amazonas, lacraram o Bar Castelinho, por falta mínima de higiene e segurança no local – por ficar ao lado do Hotel Safari, administrado por uns gringos do oriente médio, os frequentadores migraram para o bar do hotel, onde os donos sacaram que poderiam ter lucros com aquele público jovem.

Os donos do estabelecimento fecharam em definitivo e, o prédio está à venda, porém, não aparece uma “viva alma” para comprar, pois apesar de ficar na principal avenida do centro de Manaus, o local está um pouco desvalorizado.

O governo estadual através da Secretaria de Cultural (SEC) possui planos para revitalizar parte da Avenida Eduardo Ribeiro, tendo em vista a Copa de 2014 – quem sabe o Bar Castelinho volte a brilhar com uma nova roupagem! É isso ai.
Postar um comentário