domingo, 12 de maio de 2013

CINEMA SHOPPING CENTER


O Cine Odeon ficava na esquina da Rua Saldanha Marinho com a Avenida Eduardo Ribeiro, centro de Manaus, foi uns dos melhores e mais luxuoso da nossa cidade, mas, não resistiu ao “progresso”, sendo vendido pelos seus proprietários, vindo a ser demolido e, em seu lugar, surgiu um edifício com vinte andares, para compensar, o empresário Adriano Bernadino Filho, inaugurou no mesmo lugar, em 20 de Abril de 1977, o Cine Shopping Center.

Além do Odeon, o Cine Avenida também fechou as portas, deixando uma lacuna, com a cidade privada de casas de alto padrão para exibição da sétima arte, pois tínhamos ainda o Cine Guarany, Polytheama e outros na periferia, mas, não possuíam o conforto que os dois primeiros proporcionavam.



Numa sacada do dono da Empresa Cinematográfica A. Bernadino foi instalado o Cine Shopping Center, um luxuoso cinema, dotado do máximo conforto, excelente refrigeração, com todos os recursos disponíveis a época, nada deixando a dever aos grandes cinemas do país.



O cinema tinha 185 lugares, oferecendo os melhores filmes nacionais e estrangeiros – por esta dentro de um edifício misto de escritórios e centro de compras e, por ficar nos primeiros andares, o acesso era através de escadas rolantes, uma novidade para a nossa cidade.

Na época, o comércio da Zona Franca de Manaus estava fervilhando de turistas nacionais, pois o Brasil ainda não tinha feito a abertura para o comércio exterior e, em Manaus encontrava-se de tudo, desde quinquilharias até equipamentos de última geração.

Frequentei muito este cinema e, presenciei diversas vezes a sessão ser suspensa, em decorrência de alguns jovens soltarem o famoso “Pum Alemão”, um frasco que era adquirido nas lojas da Zona Franca, contendo uma substância gasosa que ao ser quebrado, exalava um fedor insuportável, onde todos saiam correndo para pegar um ar puro!

Com a instalação do Amazonas Shopping, grandes salas de cinema foram abertas, provocando o fechamento do Cinema Shopping Center e, até hoje os moradores do coração de Manaus não possuem nenhuma sala para usufruir dessa bela arte.

Com a revitalização do centro antigo, tendo vista a Copa do Mundo de 2014, está chegando a hora de um empresário abrir um cinema de luxo no centro - falta um Bernardino aparecer e fazer acontecer. É isso ai.

Fonte: Revista Manaus Magazine
Postar um comentário