quarta-feira, 25 de abril de 2012

COMUNIDADE VILA DA FELICIDADE


A comunidade fica em uma área federal, as margens do nosso majestoso Rio Negro, na Zona Leste, nas proximidades do bairro Mauazinho, Porto da Ceasa e da Refinaria da Petrobrás – vem sendo reconhecida pelos moradores da cidade, em decorrência da união dos seus moradores em prol do desenvolvimento do local, com respeito ao ser humano e ao meio ambiente.

Para defesa dos interesses dos comunitários foi criada a Associação de Moradores da Comunidade Vila Felicidade, tendo como presidente atual, o Senhor Júlio César e, como Relações Públicas, o Senhor João Prestes.

Quando foi sinalizada a autorização federal para construção do novo Porto do Pólo Industrial de Manaus, com a previsão inicial da remoção de muitas famílias que moram no local, a comunidade foi contra, conseguindo tempo depois, a garantia da Secretaria de Portos da Presidência da República e da empresa APM Terminais da Amazônia que, não haveria qualquer tipo de intervenção, remoção e desapropriação de terras ou imóveis das famílias que moram naquele lugar.

Após a vitória, os comunitários com apoio de movimentos sociais, empresas e da Prefeitura de Manaus, implantaram um Projeto de Sustentabilidade, com base na perspectiva da Economia Solidária, focada na potencialidade turística do lugar.

Iniciaram a “Campanha de Embelezamento” da Comunidade da Vila da Felicidade, com as seguintes ações:

22/04/2012 – Foi organizada pelos próprios moradores a “Primeira Gincana Ambiental”, para recolhimento de lixo inorgânico (papelão, vidro e metal) da Vila da Felicidade e do Porto da Ceasa – as três primeiras equipes vencedoras ganharam prêmios em dinheiro.

Segundo o Júlio César A Gincana é uma atividade didática que proporciona a limpeza do local pelos moradores. É uma forma de preservar a comunidade sempre limpa e levar como exemplo para a sociedade, envolvendo crianças e adultos. Vale ressaltar que, também é uma maneira de preparar a comunidade para a recepção de turistas que passam pela comunidade e visitam o Encontro das Águas”.

28/04/2012 – Os comunitários irão realizar pinturas nas fachadas das suas casas, com a orientação dos artistas plásticos Buy Chaves e Hellen Rossy, além do apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade, na parte do paisagismo da comunidade, com a distribuição de mudas de plantas ornamentais e frutíferas.

Os comunitários estão recebendo apoio da Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (Semtrad), da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH), Peixaria Moronguetá, Associação dos Feirantes e Comerciantes do Porto da Ceasa, Agência de Eco-Turismo Solidário, Amazonave, Tintas Duramar e Reman- Petrobrás.

Esta postagem foi possível graças às informações fornecidas pela minha amiga Maria do Socorro Papoula, militante do PT, ativista social e assessora da SEMTRAD.

Para participar dos eventos, colaborar, conhecer a comunidade e obter mais informações, ligar para o Júlio Cesar (92 8104-7562) e João Prestes (92 9100-4445).

Dentre tantas coisas ruins que acontecem diariamente em nosso país, fico emocionado em relatar o que de bom está acontecendo na Vila da Felicidade, espero que sirva de exemplo para outras comunidades.


É muita felicidade na Comunidade Vila da Felicidade! É isso ai.

Fotografia: José Caldas (aparecendo entre as árvores o formato do nosso Brasil).
Postar um comentário