quinta-feira, 26 de abril de 2012

1A. BIENAL DO LIVRO AMAZONAS


aus será sede da 1ª Bienal do Livro na região Norte

Data: 09/03/2012
Fonte: Assessoria de Imprensa
De 27 de abril a 6 de maio Manaus será a capital literária do Brasil ao receber sua primeira edição da Bienal do Livro. O evento, que integra o programa ‘Mania de Ler' do Governo do Estado do Amazonas, acontecerá no Studio 5 - Centro de Convenções, com patrocínio da Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas (SEC), apoio cultural da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (SEDUC), apoio institucional do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), e realização da Fagga | GL exhibitions.

São esperados 200 mil visitantes, que vão conferir em dez dias de evento 60 expositores e 40 autores convidados.

A capital do Amazonas será a quinta cidade no País a sediar um evento deste porte e a primeira na região Norte. A Bienal do Livro teve início no Rio de Janeiro em 1985. E, de lá para cá, foram 15 edições cariocas, 10 edições na Bahia, duas edições em Minas Gerais e uma no Paraná, em 2010.

A Bienal do Livro Amazonas abrirá suas portas na sexta-feira, dia 27 de abril, a partir das 12h. O horário de funcionamento será das 10h às 22h. As entradas custarão R$2,00 (inteira) e R$1,00 (meia-entrada para estudantes e idosos).

AUTORES INTERNACIONAIS
O angolano valter hugo mãe é um dos destaques internacional da Bienal do Livro Amazonas. Vencedor do Prêmio Literário José Saramago em 2007, valter hugo mãe desembarcará na 1ª Bienal do Livro Amazonas para participar de um diálogo aberto com o público, ao trazer relatos, experiências e opiniões que o elevaram a principal expoente da literatura portuguesa na última década. Em 2011 o angolano esteve no Brasil e conquistou a plateia com sua apresentação arrebatadora na Festa Literária de Paraty, no Rio de Janeiro.

Andrés Neuman, jovem escritor nascido na Argentina, mas criado na Espanha, é outra presença internacional confirmada na 1ª Bienal do Livro Amazonas. "O viajante do século", seu primeiro livro publicado no Brasil, recebeu em 2009 o Prêmio Alfaguara e o Prêmio da Crítica, na Espanha.

Traduzido para 11 línguas, recentemente o autor foi incluído na edição da revista inglesa Granta entre os melhores jovens escritores de língua espanhola. A obra de Neuman é avaliada por críticos e especialistas como pertencente a uma temática vasta e diversificada. E o autor, como um dos escritores latino-americanos recentes que tomou a Europa como cenário e campo de reflexões.

PROGRAMAÇÃO CULTURAL
Além de concentrar em um mesmo ambiente, livrarias, editoras e distribuidoras que comercializam seus títulos diretamente ao público nos estandes, a 1ª Bienal do Livro Amazonas oferece uma vasta programação cultural.

Para a edição no Amazonas, as atividades da programação cultural serão distribuídas entre: Tacacá Literário, Livro Encenado, Floresta de Livros e Território Livre. Neles, os visitantes terão acesso aos convidados, lançamentos e debates, todos voltados à literatura.

Tacacá Literário - O Tacacá Literário é uma releitura do Café Literário existente em outras Bienais do Livro, que para a edição do Amazonas recebeu este nome no intuito de valorizar a cultura local. A atividade apresenta debates em clima descontraído que tem por objetivo aproximar autor e leitor em conversas sobre livros, estilos e ideias. Serão 21 sessões que terão temas com enfoque contemporâneo como bibliografia, literatura brasileira, criação literária, poesia e muito mais.

Livro Encenado - Atividade composta por cinco sessões nas quais grandes atores apresentam leituras dramatizadas de textos clássicos das mais importantes obras da literatura nacional.

Floresta de Livros - A Floresta de Livros é a atividade infantil que promete ser um dos ambientes mais movimentados da Bienal. Neste espaço, as crianças terão ao seu alcance livros e espetáculos teatrais com contadores de histórias. Serão quatro esquetes distribuídos em 56 sessões apresentados pela companhia de teatro local de Manaus, ArtCena.

Território Livre - Espaço de intercâmbio de ideias e troca de experiência para o público jovem. Em formato de arena e em 11 sessões, será propício para conversas com escritores e personalidades sobre os temas que são referência para este público.

CURADORES

Rogério Pereira - O Tacacá Literário, carro-chefe dos espaços culturais da 1ª Bienal do Livro Amazonas, terá como curador o jornalista paranaense Rogério Pereira. Formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e com pós-graduação pela Universidad Complutense de Madrid, Rogério Pereira é um participante ativo e debatedor de diversos eventos literários por todo o País. Atualmente é diretor da Biblioteca Pública do Paraná.

Como curador, Rogério Pereira atuou no evento Curitiba Literária (PR), em 2007; na Feira de Livros do SESC Paraná, em 2009, e na 1ª Bienal do Livro do Paraná, em 2010. Para 2012, além da Bienal do Livro Amazonas, Rogério fará a curadoria da Semana Literária do SESC/PR, que acontecerá em setembro, em Curitiba.

Socorro Andrade - Um dos principais nomes do teatro amazonense, a empresária, produtora e atriz Socorro Andrade foi o talento local destacado para integrar o quadro de curadores da 1ª Bienal do Livro Amazonas. Socorro Andrade será a curadora do espaço "Livro Encenado.

Dentre os projetos criados e desenvolvidos por Socorro Andrade, destacam-se o "Livro Vivo", que disseminou arte e cultura na capital amazonense. A encenação foi apresentada na 10º Bienal Internacional do Livro, no Rio de Janeiro, em 2001.

Em conjunto com a Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas, criou, dirigiu e coordenou "A Trupe da Alegria". O projeto contribuiu para a humanização do sistema hospitalar com apresentações de 30 palhaços em 19 unidades de saúde da capital do Amazonas.

Daniela Chindler - Autora de livros infantis, produtora cultural e contadora de histórias, Daniela Chindler será a curadora da "Floresta de Livros. A curadora é formada em Letras pela PUC/RJ e possui no currículo apresentações como contadora de histórias e também elaboração e desenvolvimento de projetos culturais em todo o País.

Atualmente Daniela Chindler é a coordenadora do projeto CCBB Educativo de Arte Educação do Centro Cultural Banco do Brasil - Rio de Janeiro e São Paulo. Como produtora e pesquisadora, Daniela Chindler realizou trabalhos como "Uma viagem ao Patrimônio Mundial Brasileiro", o projeto "Oficina de histórias", na favela do Vidigal, no Rio de Janeiro, e coordenou a exposição "Fernando Pessoa: Plural como o Universo".

Na Bienal do Rio em 2009, espetáculo "A Palavra Mágica", criado por Daniela Chindler teve 25 mil espectadores. Na literatura, é autora da coleção "Por Aí a Fora", da editora Rocco, com os livros "O Hambúrguer Era de Carneiro - Diário da Índia" e "Espetinho de Gafanhoto, nem pensar!", sobre os relatos de suas viagens pelo Vietnã e Tailândia e lançado na Bienal do Rio de 2011.

Suzana Vargas - Poeta, autora de livros infantis, ensaísta, produtora cultural e professora de literatura, a gaúcha Suzana Vargas é a curadora do Território Livre. Morando no Rio de Janeiro (RJ) desde 1973, é formada em Letras, com Mestrado em Teoria Literária pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em 1985, Suzana Vargas iniciou projeto de oficinas de poesia e leitura em universidades e entidades culturais por todo o Brasil, países da América Latina, além de Alemanha, França, Espanha e Portugal.

Atualmente, Suzana Vargas está à frente da Estação das Letras - espaço que há mais de 15 anos oferece cursos que abrangem o universo da escrita e do programa de televisão "Livros na Mesa" (Canal 06 - TV Comunitária), onde produz e entrevista autores e destaques da literatura brasileira.

No campo literário, Suzana Vargas co-editou por 10 anos consecutivos, a revista "Poesia Sempre", da Fundação Biblioteca Nacional ao lado de nomes como Ferreira Gullar, Antonio Carlos Secchin e Ivan Junqueira. Possui 16 livros publicados entre poesia, literatura infantil e ensaio, além de colaborações freqüentes em diversas publicações como o jornal "O Globo" e o "Jornal do Brasil". Seus poemas já foram traduzidos e publicados na Itália, Estados Unidos, Argentina, Espanha, Alemanha e França.

VISITAÇÃO ESCOLAR

A "Visitação Escolar" é um programa realizado em todas as edições da Bienal do Livro e destinado a alunos de escolas públicas estaduais e demais escolas de todo o Estado do Amazonas, nas idades de 7 a 17 anos. São esperados 50 mil alunos.

As inscrições começaram no dia 12 de março, através do site oficial da Bienal do Livro Amazonas (www.bienaldolivroamazonas.com.br). O processo de inscrição acontece em duas etapas: Pré-Cadastramento e Agendamento. No Pré-Cadastramento, a escola preenche o formulário de inscrição disponível no site do evento. Em até sete dias úteis após o recebimento do formulário de inscrição, a Organização valida o Pré-Cadastro (de acordo com disponibilidade de vagas).

Com pré-Cadastro validado, a escola recebe no endereço de e-mail informado no formulário os dados de Login e Senha para iniciar a próxima etapa - o Agendamento de sua escola, quando indica o dia e horário que deseja ir ao evento.

Professores e Bibliotecários também terão acesso gratuito à Bienal do Livro Amazonas. O objetivo é proporcionar a estes profissionais matéria-prima que possa ser utilizada na oportunidade de dinamizar as aulas e incentivar o hábito da leitura nos alunos, propiciando um contato mais íntimo com o livro fora do ambiente escolar.

A Visitação Escolar da 1ª Bienal do Livro Amazonas acontecerá nas seguintes datas: 27/abr, sexta-feira - 13h às 17h; 28/abr, sábado - 10h às 13h; 30/abr, segunda-feira- 10h às 17h; 02/mai, quarta-feira - 10h às 17h; 03/mai, quinta-feira - 10h às 17h. 04/mai, sexta-feira - 10h às 17h; 05/mai, sábado - 10h às 13h.

SERVIÇO:
O QUE: 1ª Bienal do Livro Amazonas
QUANDO: de 27 de abril a 6 de maio
HORÁRIO: 10h às 22h (com exceção do dia 27, quando abrirá as portas a partir das 12h)
ONDE: Studio 5 - Centro de Convenções (Av. Rodrigo Otávio, 3.555, Distrito Industrial)


Contatos Assessoria de Imprensa:
Press Comunicação Estratégica
(92) 3584-1444 / 3584-0556
Betsy Bell (92) 9978-3064
Loredana Kotinski (92) 9986-4064
Marcelo Brasil (92) 9249-8346
Postar um comentário