quarta-feira, 7 de fevereiro de 2007

Em homenagem aos 80 anos do artista plástico Moacir de Andrade, publico a Biografia do ilustre amazonense, que foi originalmente lançada em 13 de agosto de 2001, pelo Sesc Amazonas, na Galeria de Artes Sesc Moacir Andrade.

Quem é Moacir Andrade?
Moacir Andrade nasceu em Manaus no dia 17 de março de 1927, na Santa Casa de Misericórdia de Manaus. Com poucos dias de nascido, seus pais, Severino Galdino de Andrade e Jovina Couto de Andrade viajaram para o interior do Amazonas onde o menino viveu a sua primeira infância. Em 1934, Severino viajou para Manaus em busca de melhor educação para seus dois filhos Mozart e Moacir. Depois de se estabelecerem em Manaus à Rua Joaquim Nabuco com a Rua Ramos dos Andradas, mudando-se depois para a Rua Ramos Ferreira e finalmente para a Dr. Machado, bairro do Alto de Nazaré, onde o menino vivei até o ao de 1953.
O período elementar estudou no Grupo Escolar Ribeiro da Cunha. Terminando o curso primário, ingressou no Ginásio Amazonense D. Pedro II em 1939. Com a noticia da abertura do Liceu Industrial anunciando o ensino de profissionalização em Manaus, seus pais resolveram em comum acordo com seus padrinhos, Dr. Temístocles Pinheiro Gadelha e Clotildes Pinheiro, interna-lo nesse novo estabelecimento de ensino secundário profissional, já que o menino era exímio desenhista e suas pinturas despertavam as admirações às autoridades da época.
No dia 02 de fevereiro de 1942, ingressava como aluno interno do Liceu Industrial de Manaus. Como aluno interno, permaneceu até fins de 1945, quando finalizou o curso industrial, que equivalia ao curso ginasial. Em 1946 trabalhou na firma comercial Ciex S/A, de propriedade de Isaac Benzecry. Em 1948, ingressava como desenhista de construção da empresa Mario Novelli e inicia a vida profissional como desenhista do engenheiro José Florêncio da Cunha Batista. Foi professor da Escola Normal São Francisco de Assis. Em 1953 no dia 09 de maio, contraiu núpcias com a Sra. Graciema Britto de Andrade, filha de João Fernandes Brito e Petrolina do Valle Britto. Do casamento nasceram cinco filhos: Gracimoema, Lucia Regina, graciema, Maria do Carmo, Moacir Couto de Andrade Junior e Raimunda Santo da Cruz, filha adotiva.
Sua primeira mostra individual foi realizada no peristílo da Escola Técnica Federal do Amazonas, no dia 09 de abril de 1952.
Em 1954, juntamente com os poetas Jorge Alauzo Tufic, Antisthenes de Oliveira Pinto, Alencar e Silva, Saul Benchimol, Carlos Farias de Carvalho, Francisco Vasconcelos, Oscar Ramos, Afrânio de Castro, Antonio Trindade, Freitas Pinto, José Pinheiro, Francisco Batista, Djalma Passos e outros, fundaram o Clube da Madrugada em plena Praça da Policia Militar.
Das suas obras literárias, as que mais se destacam são: Moacir Andrade, Catálogos; Moacir Andrade, Desenhos; Manaus, Monumentos, Hábitos e Costumes; Amazonas, a Esfinge do Terceiro Milênio; Alguns aspectos da Antropologia Cultural do Amazonas; Tipos e Utilidades dos Veículos de Transportes Fluviais do Amazonas; Nheengaré ou Narrativas Amazônicas; Manaus, Ruas, Fachadas e Varandas; Tesouro de Icambiaba.
Lecionou Educação Artística na Universidade do Amazonas, Escola Técnica Federal, Colégio Estadual e no Colégio Militar, onde construiu um monumento mural de madeira.
Criou vários cursos gratuitos na cidade e no interior, entre os quais ensinou desenho, pintura, escultura em barro, madeira e gesso.
Seus quadros, espalhados pelo mundo, encontram-se em casas de amigos, admiradores de suas obras, bem como nos acervos de muitos museus e pinacotecas.

Postar um comentário