terça-feira, 27 de janeiro de 2015

SECOS & MOLHADOS

BLU OU RED - Tempo atrás, comprei um celular da marca BLU (azul em italiano) - pura dor de cabeça, travando toda hora! A bateria morreu de vez, fui até a assistenciária técnica, eles não possuem a dita cuja, nem sabem quando irá chegar. Rodei todo o centro da cidade e, nada! O BLU foi para o seu merecido lugar: o lixo! Deveriam mudar de nome, em vez de AZUL de céu, deveria ser RED de inferno!

CAPRICHOSO ATÉ MORRER - Tenho um amigo de infância da Rua Igarapé de Manaus – ele é fissurado pelas toadas e pelo Boi Caprichoso, não perde a festa de Parintins nem que “chova canivete” ou a Ilha afunde! Certa vez, ele falou para os amigos que, quando morrer, nada de choro ou tristezas, o seu caixão deve ficar em pé, com todo mundo dançando as toadas do azul branco e, vez e outra, é para colocar um copo de cerveja em sua boca! Esse é caprichoso até morrer!

AMOR DE UM REAL - para relaxar
Um cara “mão-de-vaca” resolve casar e, na primeira noite, fala para a esposa: - Meu docinho de coco, você deve ser econômica e fazer poupança – comprei um cofrinho baratinho, tipo porquinho e, toda vez que a gente fizer amor eu depositarei nele uma moeda de um real, quando estiver cheio, depositarei na tua poupança da Caixa!
E haja amor e moedas de um real, depois de um bom tempo, o camarada falou: - Amorzinho, o porquinho está até a tampa, traz um martelo para quebrá-lo e contar quando você economizou!
Foi caco de porquinho para todos os lados e um monte de moedas espalhadas pelo chão, além de várias notas bem embrulhadinhas de cinquenta e cem reais, o sujeito tomou um suste e gritou: - Mulher, que onda é essa, passamos meses e meses fazendo amor e eu colocava somente moedas de um real, como é que foram aparecer todas essa grana aqui?
Ela respondeu: - Os outros que fizeram sexo comigo não são pão-duro e sovina igual a você! Um real somente você, seu mão-de-vaca corno! Eu, hein! Hehehehe

CIDADE NOVA - Uma das vantagens em morar na Cidade Nova II é encontrar quase de tudo numa mesma Avenida.Ela possui o nome sugestivo de Avenida da Penetração II – em poucos minutos o caboco encontra drogarias, restaurantes, supermercados, lojas de quinquilharias, pet shop, frutarias, vendas de file de peixes, produtos regionais (goma, queijos, tucumã, etc.), quitandas de verduras, banca de revistas, CD e CDV piratas, igrejas evangélicas, bares, padarias, revenda de automóveis, oficinas de automóveis, pizzarias, lan house, lanchonetes, revendas de eletrodomésticos usados, revenda de motos, oficinas de motocicletas, colégios, papelarias, material de embalagens, material elétrico e de construção, consertos de celulares, etc – E tem mais, os preços são muitos acessíveis, mais baratos do que no centro da cidade, onde você tem de rodar bastante para encontrar o que deseja, fora o estresse para encontrar vagas para estacionar o carro. Andando mais um pouco, encontra o Shopping Sumaúma e, em poucos minutos de carro, o Shopping ViaNorte, na Nova Cidade maior e mais bonito do que o Amazonas e Manauara, além de Hospital de referencia, postos de gasolina, igrejas católicas, postos de saúde, borracharias, motéis e pousadas, centro de convivência da família (biblioteca, aulas de dança, musculação, shows, caminhadas e academias no ar livre), etc. Quando eu voltar a morar no centro da cidade, irei estranhar muito e sentir saudades da Cidade Nova.


DROGAS- Levantamento em sistema do Datasus (Ministério da Saúde) mostra que o álcool, fumo, psicotrópicos e cocaína tiram a vida de 10 mil brasileiros por ano! Caramba! Às vezes abuso um pouco do álcool, isto me traz muitos problemas. Parei de fumar faz tempo e, nunca utilizei os outros. Ainda bem! Tenho pena das pessoas que são viciadas em drogas ilícitas, pois por simples curiosidade ficaram viciadas. Por ser proibida o seu uso, o tráfico é intenso em todo mundo, deixando muitas pessoas bilionárias, porém, matando milhares de consumidores a cada ano. Com relação ao amazonense que foi fuzilado, fui contra a decisão da Indonésia, pois feriu o “Direito à Vida”, o mais elementar dos direitos humanos! Errou, tem que pagar! Porém, pagar os erros com a morte é desumano e cruel, mesmo sendo um traficante de um produto que mata milhares de pessoas!
Postar um comentário