domingo, 26 de abril de 2009

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DO ESTADO DO AMAZONAS - ACA

Posted by Picasa
Na esteira do desenvolvimento econômico propiciado pela abertura dos portos do Amazonas às nações amigas, foi criada em 18 de junho de 1871, a Associação Comercial do Amazonas, com o objetivo principal de “promover por todos os meios ao seu alcance, o desenvolvimento das classes empresariais, a sustentação e defesa de seus legítimos direitos e interesses”, (Art. 1º do Estatuto de 1871), o que tem exercitado no correr de sua existência.

Fizeram parte da primeira diretoria José Coelho de Miranda Leão, político, comerciante e militar ilustre, celebrado na história como vencedor dos cabanos e como primeiro presidente desta Entidade; Antônio Augusto Alves foi o Secretário e José Joaquim Pinto de França, o Tesoureiro; completavam a primeira diretoria; Manoel José Gomes de Lima e Emílio Moreira, que com seus irmãos José e Guilherme Moreira, Presidente da Entidade de 1877 a 1880, mereceram dos pósteros nomes nas ruas da cidade.

A primeira Sede, que se tem notícia, situava-se na esquina da Rua das Flores com a Rua Quintino Bocaiúva, em 14 de dezembro de 1891 era criada na própria sede da Associação Comercial a Junta Comercial do Amazonas, cujo primeiro presidente foi José Ferreira Freitas Pedroza. Em janeiro de 1899 a Associação instala na própria sede o telégrafo ligando-a ao mundo inteiro. Foram últimos presidentes no século, Armindo R. da Fonseca, Caetano Monteiro da Silva e José Cláudio de Mesquita.

A Biblioteca Cosme Ferreira Filho, criada em 1902, durante a gestão do Presidente Hannibal Porto, os associados da ACA – Associação Comercial do Amazonas instalaram a Biblioteca da ACA, que posteriormente, sob a presidência de Jorge Alberto Souto Loureiro, recebeu o nome do escritor, Deputado Federal e incentivador da lavoura do Guaraná em Maués: Cosme Ferreira Filho. A Biblioteca é especializada em temas amazônicos, atendendo às necessidades informacionais de quem busca a história econômica de nossa região. Possui ainda, obras gerais, como: religião; filosofia; sociologia; economia; administração, Leis e Decretos; dispõe também de recortes de jornais, revistas entre outros. Seu acervo reúne 6.301 títulos e documentos antigos da história do Amazonas, por conter em seu acervo riquezas históricas, a Biblioteca Cosme Ferreira Filho, atende desde o público escolar até aos pesquisadores de vários níveis, apenas em caráter de consulta local, sendo desta forma vedado o empréstimo de sua coleção.

Os desafios da globalização da economia e do mercado conduzem à busca de novos caminhos que exigem a coesão das forças do empresariado em ações coordenadas e direcionadas a um objetivo comum. A expansão do comércio internacional é uma das metas a serem trabalhadas com grandes perspectivas de sucesso. O aproveitamento dos recursos biogenéticos e o turismo em todos os segmentos são fontes a serem fartamente exploradas. A ACA mantém-se fiel aos objetivos de sua criação em 1871, e enfrenta os desafios do século XXI expandindo seus horizontes, modernizando sua estrutura, redesenhando a paisagem empresarial do Amazonas.

Fonte: sitio da ACA:
www.aca.org.com
Fotos: J Martins Rocha
Postar um comentário