quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

O MÍNIMO DOS MÍNIMOS



Segundo dados do Censo de 2010 do IBGE, mais de 115 milhões dos brasileiros vivem com menos de um salário mínimo (60% da população brasileira) – para aqueles “felizardos” que irão ganhar R$ 880,00 por mês a partir de sexta-feira, devem fazer o famoso “jogo de cintura” para poder sobreviver (permanecer vivo e continuar vivendo).

Segundo determinação constitucional, o salário mínimo deve ser suficiente para suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência - um trabalho elaborado, em maio de 2014, pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o SM para a família brasileira deveria ter sido de aproximadamente TRÊS MIL REAIS!

Somente para efeito de comparação, nos Estados Unidos da América, o mínimo é pago por hora trabalhada, sendo possível ganhar por mês a quantia aproximada de SETE MIL REAIS - mais do dobro do valor elaborado pelo DIEESE!

Como não estamos nos Estados Unidos, o jeito é o trabalhador fazer horas extras e bicos após o expediente e nos finais de semana, pois não existe mágica para render e atender as suas necessidades com o SM brasileiro.

Para aqueles que não vivem na casa dos pais ou parentes, somente com o aluguel de uma quitinete e o pagamento de água e luz (moradia) consome uns quinhentos reais. O resto fica prejudicado!

O ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, disse, nesta terça-feira (29) que o reajuste de R$ 92,00 no SM “Significa ampliação de mercado, qualidade de vida, desenvolvimento econômico a partir da ampliação dessa renda na dinamização da economia brasileira" – falou bonito, mas, não foi digerido pelos trabalhadores que irão ganhar R$ 880,00 – o ministro está feliz, afinal, ele ganha 34 mil reais somente de salário!

Agora, imaginem a situação daqueles milhões de brasileiros que estão desempregados, sem nem os R$ 880,00 para receber! É Triste!

Comentários no Facebook:


Comments
Ulisses Filho Marques
Ulisses Filho Marques Só o aluguel de um casa simples é R$800,00.

Passagem de ônibus por mês é R$120,00.
E agora, estamos é. ...

Descurtir · Responder · 1 · 7 h
Roberto Carvalho
Roberto Carvalho Fodidos!
Descurtir · Responder · 1 · 3 h
Jose Rocha

Jose Rocha Roberto Carvalho e meio!

Bepi Cyrino Salário mínimo é base de referência, não significa que tem que ser pago o mínimo.
DescurtirResponder16 h
Jose Rocha Quem paga o máximo? Cada categoria possui um piso salarial , conforme o acordo coletivo - os empresários pagam em decorrência da "pressão" dos Sindicatos!

Postar um comentário