segunda-feira, 14 de maio de 2012

CEM ANOS DEPOIS


A fotografia antiga mostra  uma represa das águas cristalinas que vinham de vários igarapés, sendo os mais importantes os dos "Franceses" e  "Mindú", após captação e tratamento, eram distribuídas para o consumo dos moradores de Manaus. Depois de cem anos, no mesmo local, na Ponte do São Jorge, a Prefeitura de Manaus disponibiliza 300 trabalhadores, três balsas, três empurradores, dez botes de alumínio com motor de popa, duas pás carregadeiras, duas retroescavadeiras hidráulicas, 10 caminhões caçamba, quatro caminhões baú e quatro ônibus para o transporte dos garis, para a retirada diária de 25 toneladas de lixo! Caramba, estamos acabando com tudo, menos com o lixo! A natureza agredida todo o santo dia, começou a dar o troco!
Postar um comentário