sexta-feira, 6 de julho de 2018

A NOSSA QUERIDA E AMADA BANDEIRA NACIONAL


O pavilhão atual foi criado em decorrência da Proclamação de República, ocorrida em 15 de novembro de 1889 – ela possui algumas características que a maioria dos brasileiros deveria conhecer.

1. Foi criada para despertar nos cidadãos sentimentos de amor pela republica e simbolizar a fraternizada entre os brasileiros;

2. Sugere um vinculo entre o passado e o futuro da nação:

    Passado: Foi conservado o desenho e cores da Bandeira do Império, bem como, a permanência da cruz, agora representando na forma do Cruzeiro do Sul.

    Presente e Futuro: Com a adoção do lema positivista “Ordem e Progresso”, sugerido pelo Ministro Benjamin Constant.

3. As ideias positivistas de Augusto Conte (1798-1857) influenciaram os militares brasileiros:

Progresso: Desenvolvimento das máquinas, da tecnologia, da industrialização, representando o progresso da humanidade;

Ordem: O desenvolvimento deve originar-se da Ordem preexistente a fim de aperfeiçoa-la.

“O AMOR POR PRINCÍPIO, A ORDEM POR BASE E O PROGRESSO POR FIM”.

4. As estrelas que aparecem no círculo azul representam os Estados e o Distrito Federal (atual) – era o céu carioca na manhã de 15 de novembro de 1889 e devem ser considerada como vistas por um observador situado fora da esfera celeste.

5. A estrela do Amazonas fica bem abaixo do O de Ordem – Procyon (Canis MInoris).

5. Trecho do Hino a Bandeira:


Sobre a imensa Nação Brasileira,
Nos momentos de festa ou de dor,
Paira sempre sagrada bandeira
Pavilhão da justiça e do amor!
Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!


Com a passagem da “Semana da Pátria”, no mês de setembro e, principalmente, na “Copa do Mundo de Futebol de Campo”, quatro em quatro anos, a nossa Bandeira Nacional aparece tremulando em todos os lugares, voltando a ser amada e respeitada pelos brasileiros.

Viva o Brasil e sua gente!


Fonte: 

História do Brasil - Um olhar crítico. Gilberto Cotrin. Ed. Saraiva, 1999.

Wikipedia

Blogdorocha

Foto: 

José Rocha (Praça do Congresso, Manaus) e Cúpula do TA.



Postar um comentário